Catamarã explorador movido a energia solar terá mais de 100 m² de área aberta

Por: Redação -
01/03/2022

A empresa Silent Yachts, fabricante de catamarãs movidos a energia solar, iniciou a produção de sua maior embarcação até o momento: um superiate elétrico chamado Silent 100 Explorer.

Com design assinado por Marco Casali, o modelo possui 31 metros de comprimento, 105 m² de espaço aberto e cerca de 40 kWp de painéis fotovoltaicos que alimentarão um banco de baterias de lítio de 800 kWh.

Com dois motores elétricos de 340 kW, a expectativa é de que a embarcação atinja uma velocidade máxima de 14 a 16 nós (25,9 e 29,6 km/h, respectivamente). No entanto, o maior atrativo deste modelo será sua capacidade de manter, em dias ensolarados, uma velocidade de cruzeiro de 6 nós (aproximadamente 11 km/h) por tempo indefinido.

O barco possuirá uma suíte máster com 51 m², completa com escritório e varanda privativa. Contará, ainda, com cinco suítes de hóspedes e uma academia localizada no casco de estibordo.

silent-100-explorer-upper-deck

Uma escada central em espiral conectará o lounge da popa a um sky-lounge situado acima. No convés superior, haverá mais áreas de relaxamento. Em seu interior, um escritório duplo, a cozinha principal, um refeitório e uma garagem para a tripulação. Não bastasse tudo isso, sobrará espaço na garagem principal para comportar uma embarcação de 7,5 metros no estilo limusine.

No topo da embarcação, dois dos painéis solares se abrirão para revelar um heliporto. Na frente, haverá uma área de flybridge menor. O primeiro Silent 100 Explorer está em construção na Itália e deve alcançar as águas no final de 2023. A faixa de preço inicial é de 19 milhões de euros (R$ 109 milhões).

Por Gabriel Caldini, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Fotógrafo captura cena impressionante de jubarte atravessando raias: “muito emocionado”

    Imagens que encantaram as redes mostram baleia atravessando enorme cardume de espécie ameaçada de extinção

    Cientistas descobrem que baleias beluga podem se comunicar movimentando a cabeça; assista

    Conclusão veio com o estudo de animais em cativeiro; pesquisadores registraram 5 movimentos diferentes

    Casa de vidro sobre as águas no Texas está à venda por quase R$ 30 milhões; conheça

    Residência fica na cidade de Round Top, cujo último senso registrou população de 91 habitantes

    E-combustíveis para o setor marítimo podem gerar 4 milhões de empregos, diz pesquisa

    Estudo foi encomendado pelo Fórum Marítimo Global e indica que as vagas serão abertas até 2050

    Futurista e feita de titânio: conheça a lancha de 55 pés que parece uma nave espacial

    Com estilo contemporâneo, será a primeira embarcação lançada pelo estaleiro Mirrari, dos Emirados Árabes Unidos