Mundial ao vivo

Por: Redação -
10/04/2015

Os veleiros da classe Soto 40, os mais modernos barcos one design da vela oceânica, já estão na praia de Jurerê, em Florianópolis (SC), para o Mitsubishi Motors S40 World Championship. A competição, que será realizada entre 12 e 16 de abril, poderá ser acompanhada em tempo real, em qualquer lugar do mundo, através do site: mitsubishis40wc.com.br

Durante as provas, cada barco será equipado com um localizador padronizado, que enviará informações sobre a velocidade, localização, distância percorrida e possíveis penalidades acumuladas, além de saber simultaneamente a tática escolhida por cada uma das tripulações para conquistar a vitória. Um ingrediente a mais para acompanhar disputas entre tripulantes de diversos países que, juntos, somam 15 medalhas olímpicas e mais de 20 títulos mundiais.

“Para quem assiste a competições de vela da praia, às vezes fica um pouco difícil entender quem está em vantagem. Com essa tecnologia de gps, podemos mostrar exatamente onde está cada um dos barcos, para qual deles as condições de vento são favoráveis e quem escolheu a melhor tática para a regata. Tudo isso com alcance mundial, a um clique de distância”, explica Lucas Ezequiel Vescio, secretário oficial da classe Soto 40.

“Teremos tripulações de todo o mundo disputando regatas com barcos rigorosamente iguais. Em competições como essa, cada detalhe é importante e pode definir o vencedor”, explica Samuel Albrecht, velejador olímpico bicampeão da Semana de Vela de Ilhabela e tricampeão brasileiro de oceano, que competirá no Crioula 29, do clube Veleiros do Sul.

O Mitsubishi Motors Soto 40 World Championship é uma das principais competições da categoria ao redor do mundo, reunindo tripulações de renome para disputas bastante acirradas a bordo do moderno veleiro Soto 40.

Com o conceito de one design, no qual todos os veleiros são idênticos quanto ao tamanho, peso e área das velas, a competição tem como objetivo destacar a capacidade e o talento de cada uma das equipes na hora de definir o vencedor.

Na primeira edição do Soto 40 World Championship, realizada no Chile em 2013, o veleiro Pisco Sour foi o campeão. No ano passado, em Valência, na Espanha, quem levantou o troféu foi o veleiro inglês Ngoni.

As tripulações participarão de 10 regatas em barla sota e a equipe que conseguir manter a menor pontuação no acumulado geral será a vencedora. Uma característica marcante da competição é a ausência de descartes, que exige atenção dos participantes na hora de traçar suas estratégias e torna a regata ainda mais imprevisível. No final do campeonato, os três veleiros com melhor desempenho serão premiados.

Foto: Mathias Capizzano

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Fotos inéditas do Titanic prometem revelar detalhes nunca vistos dos destroços

    Expedição ao naufrágio conta com dois robôs ultra tecnológicos, que farão imagens e mapeamentos 3D no fundo do oceano

    Brasília Boat Show terá presença da NX Boats com lancha de luxo assinada pela Pininfarina

    Modelo estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto; ingressos para o salão já estão disponíveis

    Lancha resistente a fuzil é o novo reforço da Polícia Militar do Paraná; conheça o barco

    Embarcação militar Aruanã 29-CM-P atuará junto à Patrulha Costeira no combate à criminalidade e segurança de 39 comunidades

    Rei e cerveja: conheça a pequena ilha que tem ‘monarca’ próprio e pub centenário

    Pertencente à Inglaterra, Ilha de Piel é habitada há pelo menos 3 mil anos e conta com um antigo castelo

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda