Vela Jovem

Por: Redação -
13/07/2014

Os atletas da Vela Jovem do Yacht Club Santo Amaro, integrantes do Audi YCSA Sailing Team, estão espalhados pelo mundo para competir nas classes que formam a base da vela olímpica. Os campeões da Copa da Juventude estão em Portugal, depois de garantirem vaga, em março, em Florianópolis, para representar o Brasil no Mundial da Juventude, em Tavira.

A competição portuguesa, principal objetivo do ano para a maioria dos jovens velejadores, começou neste sábado (12) reunindo mais de 300 atletas entre todas as classes, sendo que a flotilha mais numerosa é a da Laser Radial, com 70 barcos. O representante do Audi YCSA Sailing Team na classe é Martin Lowy, que na semana anterior ficou em sétimo no Campeonato Europeu disputado por 80 velejadores na Dinamarca.

A dupla da classe 29er, ainda pouco praticada no Brasil, mas muito popular na Europa, também disputou um campeonato preparatório para o Mundial da Juventude, o Europeu de 29er durante a Semana de Kiel, onde 158 duplas correram. “Queremos novamente alcançar uma colocação que nos deixe na primeira metade da flotilha, o que significa aqui em Tavira, ficarmos entre os 15 melhores”, projeta Antônio Aranha que há dois anos forma tripulação com Stephan Kunath.

“A experiência em Kiel, na Alemanha, foi muito boa. Com tantos barcos na raia, enfrentamos várias situações diferentes nas largadas e o vento fraco também nos ofereceu dificuldades que servem como aprendizado. Estamos preparados para o Mundial”, concluiu Antônio. O YCSA ainda levou ao Clube Náutico de Tavira, a dupla feminina da classe 420, Giuliana Tozzi e Marina Rittscher, além de Philipp Essle, que correrá na mesma classe ao lado do gaúcho Tiago Brito, do Jangadeiros do Sul, atual campeão mundial juvenil de 420, título conquistado em 2013, no Chipre.

O Brasil conta com uma delegação composta por 12 atletas, todos eles classificados para o Mundial após competirem em Florianópolis pela Copa da Juventude. Além de São Paulo, Santa Catarina também foi à Portugal. O estado está representado pela velejadora Maria Carolina Boabaid, única atleta catarinense a compor a equipe brasileira, que corre pela classe Laser Radial. Campeã Brasileira Sub-19, a atleta chega a Tavira com boas expectativas para o torneio.

Foto: Gabriel Heusi/ICSC

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Na Holanda, live permite acionar "campainha de peixes" para liberar passagem de animais por eclusa

    Transmissão ao vivo mostra quando um peixe aguarda passagem; espectadores avisam operadores ao "tocar campainha"

    Renault apresenta veleiro desmontável, jet elétrico e prancha motorizada

    Marca francesa propõe novas soluções de mobilidade e mostrou inovações durante lançamento de carro elétrico

    No NÁUTICA Talks, Alberto Brandão fala sobre as regatas virtuais no Brasil

    O jogo Virtual Regatta será o centro do papo sobre o eSailing no país, em palestra que acontece dentro do Rio Boat Show 2024

    Movido a energia solar, novo catamarã da Sunreef Yachts promete bateria de 1 mil kWh

    Modelo da Sunreef Yachts contará com tecnologia que percorre toda superfície externa do barco para captar a luz do sol

    JF Sun levará linhas de óculos e acessórios ao Rio Boat Show 2024

    Com especialização em lentes polarizadas e esportivas, marca estará de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória