Barcelona sediará as regatas da America’s Cup 2024

Por: Redação -
31/03/2022

O Royal New Zealand Yacht Squadron e o Emirates Team New Zealand anunciaram, nesta terça (29), que a cidade de Barcelona, na Espanha, será a sede da America’s Cup 2024. A 37ª edição da mais antiga competição de barcos do mundo ocorrerá em setembro e outubro de 2024.

A confirmação veio após coletiva de imprensa que reuniu autoridades espanholas e o chefe da equipe neozelandesa, Grand Dalton. O time liderado por Peter Burling ganhou a taça Auld Mug nas duas últimas edições, disputadas em Bermudas e Auckland, respectivamente.

Os neozelandeses apostaram em Barcelona para assumir o lugar da própria cidade local de Auckland como anfitriã depois que a cidade irlandesa de Cork desistiu da disputa.

Além da cidade catalã, a também espanhola Málaga e Jeddah, na Arábia Saudita, estavam no páreo. A Espanha já sediou a America’s Cup no passado, em Valência. “Barcelona é realmente uma das cidades mais reconhecidas do mundo, então ter a capacidade de sediar o evento de vela mais reconhecido do mundo é extremamente emocionante”, disse Grand Dalton.

“Como defensores da America’s Cup, sempre sentimos a responsabilidade de fazer crescer o evento, o público e o esporte da vela em escala global, e certamente ter o evento sediado em uma cidade importante como Barcelona nos permitirá impulsionar isso”.

O Royal New Zealand Yacht Squadron, como vencedor da última Copa América, tem o direito de decidir a próxima cidade-sede. A ideia no papel foi aproximar o público das regatas com os AC75.

No BID, que é a disputa pela sede, os neozelandeses teriam recusado uma oferta de US$ 99 milhões do governo da Nova Zelândia e do Conselho de Auckland para sediar a próxima edição.

A cidade catalã, que recebeu a Olimpíada de 1992, tem instalações de classe mundial para a modalidade, como bases de equipes, infraestrutura técnica e superiates.

Os fatores levados em conta foram a hospitalidade, a mídia e a disponibilidade de espaço para o village que receberá os fãs.

“É um evento esportivo histórico, que tem grande projeção mundial. A America’s Cup não é apenas uma atividade esportiva isolada, e oferece muito mais do que isso para o Host Venue. É um evento que vai gerar retorno em várias plataformas ao longo dos anos e deixará um importante legado para a Catalunha”, disse o presidente da Generalitat de Catalunya, Pere Aragonés.

Nos meses de setembro e outubro, Barcelona tem vento médio de 9 a 15 nós. O local sediará, em paralelo, a primeira Women’s America’s Cup e a Youth America’s Cup.

A regata da America’s Cup é o evento mais antigo do esporte internacional, fundado em 1851.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Com propulsão eólica, Airbus terá frotas marítimas contra emissões de dióxido de carbono

    Gigante da indústria aeroespacial terá velas rotativas e motores biocombustíveis; entenda

    Vila flutuante nas Maldivas promete ser o mais novo "point" dos milionários

    Projeto da rede de hotéis de luxo Soneva traz uma série de comodidades luxuosas com diárias a partir de R$ 25,6 mil

    São Paulo inaugura estruturas náuticas de uso público para alavancar turismo

    Municípios de Pereira Barreto, Três Fronteiras e Rubinéia deram início à primeira fase do Programa de Turismo Náutico

    Nada de bingo! Aos 81 anos, velejadora aposentada bate recordes navegando sozinha

    Mesmo aposentada, Jeanne Socrates já realizou voltas ao mundo num veleiro, e totalmente solitária

    Solara Boat House fará sua estreia nas águas durante o Rio Boat Show 2024

    Estaleiro terá ainda 3 lançamentos e outros 6 barcos no evento que acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória