Tecnologia de série

07/06/2016

A Propspeed divulgou sua parceria com a Motor Yachts, autorizada da Princess Yachts no Brasil, além da MCP Yachts e da Azimut Yachts. Estes estaleiros passaram a oferecer o produto de fábrica e realizam sua aplicação, tanto em embarcações novas como usadas, com profissionais capacitados, treinados e com autorização da Propspeed para o procedimento. Atualmente, o produto é vendido em mais de 30 países por mais de 40 distribuidores espalhados por todos os continentes. No Brasil, ele é importado e distribuído pela Marine Coating, que realiza a capacitação de equipes de pinturas e workshops com marinheiros, tripulantes e revendas em todo o Brasil.

“Para a Propspeed, ter parceria com estaleiros como Azimut, MCP e Princess, que prezam pela excelência de seus produtos, fortalece a percepção de qualidade da marca. O Propspeed é mundialmente conhecido e considerado o melhor anti incrustante do mercado, porém ainda tem um longo caminho para trilhar no Brasil, seja por barreiras tarifárias com alta incidência de impostos de importação ou pela mudança da cultura de manutenção preventiva”, relata Januário Gagliardi, sócio diretor da Marine Coating.

Propspeed é um anti incrustante à base de silicone ecologicamente correto utilizado para evitar ou reduzir a incidência de “cracas” nos propulsores e demais partes metálicas e plásticas abaixo da linha d’agua. Diferentemente das tintas convencionais, Propspeed não é tóxico, tem aderência aos metais e não deixa a superfície dos propulsores desprotegidas no mar. O silicone fecha totalmente os poros dos metais, reduzindo o atrito das superfícies com a água e, assim, o efeito da cavitação – que aumenta o consumo de combustível, a vibração e o desgaste dos motores, além de amentar o índice de avarias –  e vibração nos eixos, hélices, motor e transmissão. Isso porque as cracas não tem aderência às superfícies protegidas.

O produto, recomendado pela Volvo Penta, é indicado para aumentar a vida útil dos motores e melhorar o desempenho das embarcações, seja em velocidade final ou na grande redução de consumo de combustível (10%, em média).

“Além de agregar valor para os clientes e melhorar o desempenho das embarcações, acredito que oferecer o Propspeed como um diferencial sobre as demais marcas, resultará, para os estaleiros, em curto prazo, um aumento da lucratividade do pós-vendas. Ao meu ver, esse trabalho aumentará, ainda, a percepção de zelo das marcas por seus clientes, uma vez que estão se preocupando em proteger seus produtos com a mais alta tecnologia do mercado”, finaliza Gagliardi.

Foto: Reprodução

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

 

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Danimar leva scooter aquática e modelos off road ao Rio Boat Show 2024

    Concessionária oficial de marcas como Segway, empresa também apresentará UTV e quadriciclo ao público do evento náutico

    André Homem de Mello recorda histórica volta ao mundo a vela no NÁUTICA Talks

    Primeiro brasileiro a alcançar o feito em solitário e sem escalas integra agenda recheada do Rio Boat Show 2024

    Fernando Moraes conduz mergulho pelas ilhas brasileiras no NÁUTICA Talks

    Biólogo marinho trará à tona detalhes sobre biodiversidade e história de locais emblemáticos durante o Rio Boat Show 2024

    Prós e contras do envelopamento náutico serão discutidos com Pedro Dias no NÁUTICA Talks

    Especialista em adesivagem náutica, "Pedrinho" vai conduzir bate-papo na série de palestras do Rio Boat Show 2024

    Canal Náutica no YouTube fará cobertura ao vivo do Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transmissão ao vivo todos os dias