Canoa havaiana

Por: Redação -
18/03/2016

As cidades de Vitória e Vila Velha, no Espírito Santo, recebem, neste fim de semana, dias 19 e 20, o desafio de canoa havaiana. Com duração de 24 horas, a prova prevê cinco voltas por toda a ilha, totalizando, aproximadamente, 150 km de remada, com a participação de pelo menos 10 equipes de 6 remadores, cada. A competição, que acontece pela primeira vez em Vitória, tem como objetivo promover as superações física e psicológica, além de fomentar e popularizar o esporte, com a intenção de chamar a atenção do público para o potencial náutico do estado.

O início será no sábado às 6h, quando as canoas sairão das bases nas Praia da Costa, em Vila Velha, e Camburi, em Vitória. Já o término, será no domingo, com chegada prevista para às 6h. Cada equipe completará uma volta inteira na ilha, em cerca de 5 horas, chegando na base de Camburi, onde outra equipe assume o desafio. Isso se repete até o desafio completar 24 horas. A prova contará com um barco de apoio, cedido pela Iate Náutica ao longo de todo o desafio para eventuais emergências.

Para participar dos próximos desafios da modalidade, os interessados devem se inscrever nas aulas do clube CPP Extreme nas bases de Camburi ou Curva da Sereia, na Praia da Costa. Para quem quiser assistir, o evento terá um ponto de apoio nos deques dos restaurantes na Ilha das Caieiras, onde serão feitas paradas durante as voltas.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Brasileira faz "dobradinha" em premiação da ONU de fotos marinhas

    A fotógrafa Andrea Marandino conquistou a 1ª e 2ª colocação em concurso mundial

    Robô submarino encontra lula com ovos gigantes no fundo do mar

    Cientistas acreditam tratar-se de nova espécie do animal, capaz de botar ovos com o dobro do tamanho comum

    Grand Ocean Boats leva lancha de 37 pés ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estaleiro exibirá o modelo Grand Ocean 37 na segunda edição do evento náutico, que vai de 4 a 7 de julho

    De 4º maior lago do mundo a deserto: o que aconteceu com o Mar de Aral

    Má gestão de recursos naturais tornou o Mar de Aral um dos maiores desastres ambientais do mundo

    Destroços do último navio de Ernest Shackleton são encontrados no Canadá

    Quest, explorador polar de uma das figuras mais conhecidas da navegação, está no mar de Labrador, a cerca de 390 m de profundidade