Carnival Regatta

Por: Redação -
21/02/2015

A dupla gaúcha da classe 420 formada por Thiago Ribas e Erik Hoffmann, do clube Veleiros do Sul ficou em quinto lugar no 41º Torneio Internacional Carnival Regatta 2015 que terminou na segunda-feira (16) no Clube Internacional de Vila Moura, na região do Algarve, Portugal. A dupla do Veleiros do Sul encerrou a participação com uma vice locação na nona e última regata.

O último dia foi de boas colocações para os brasileiros, com: 4º + 4º e 2º. Diferente de domingo quando tiveram dificuldade para velejar com ventos de mais de 20 nós de intensidade. Participaram 36 tripulações da Europa. Os vencedores foram os portugueses Diogo Costa & Pedro Costa e em segundo os espanhóis Enrique Lujan Mora e Pablo Lujan Mora.

“A competição foi de alto nível, pois para os portugueses era válida como seletiva para o Mundial da classe que ocorrerá em julho no Japão e no qual nós já estamos classificados”, comentou Thiago. Eles voltam aos treinos com a equipe do Centro de Vela Sport Clube do Porto, comandada pelo técnico Hugo Pontes e na próxima semana seguem para a Espanha onde competirão na Semana Olímpica Andaluza em Cádiz, de 24 de fevereiro a 1º de março.

Foto: Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta

    Conheça o Volitan, barco voador que está próximo de se tornar realidade na Amazônia

    Criado pela startup AeroRiver, embarcação deve chegar para o transporte de cargas e pessoas na região em 2026

    Conheça a história do "Titanic dos Alpes", navio a vapor que será resgatado 90 anos após naufragar

    Embarcação foi afundada propositalmente em 1933, no Lago Constança, na Europa

    Casal constrói casa flutuante e revela prós e contras de morar em lago

    Dupla americana economizou nos custos da construção por ficar responsável pela maior parte do trabalho