Circuito Ilhabela de Vela Oceânica

Por: Redação -
10/06/2016

O vencedor da equilibrada classe C30 na segunda etapa do Circuito Ilhabela de vela oceânica será conhecido neste domingo (12) em Ilhabela após as regatas complementares da disputa iniciada no fim de semana anterior na Capital Nacional da Vela. A definição da etapa considerada como Warm Up para a Semana de Vela, em julho, está em aberto. O barco +Realizado (nove pontos perdidos) lidera com dois pontos de vantagem sobre o Kaikias (11pp), que está apenas um ponto à frente do terceiro colocado, Caballo Loco (12pp), após quatro regatas.

O trimmer (regulador) da vela balão do +Realizado, Ricardo Apud, sabe que a tripulação terá de lutar para manter a liderança. “Neste fim de semana deveremos ter vento parecido com o do último domingo e a disputa seguirá acirrada. Porém, segundo as previsões, as condições do mar devem estar mais difíceis o que impõe mais riscos e desafios. Vamos manter a concentração e aproveitar a vantagem que possuímos”. No domingo anterior (5) as rajadas de sudoeste atingiram 22 nós (40 km/h), com forte correnteza sul no Canal de São Sebastião, além do frio, que estará ainda mais intenso nas regatas decisivas.

A primeira etapa, em março, registrou o mesmo equilíbrio. O Caballo Loco venceu o Caiçara por um ponto, que ficou à frente do Barracuda com igual vantagem. “Na C30, pequenos detalhes fazem muita diferença. É por isso que adoramos essa classe”, define Apud. O comandante do Caballo Loco, Mauro Dottori, destaca a importância do Warm Up. “É uma fase muito esperada da Copa Suzuki, porque além de fazer parte do campeonato que mais aponta a qualidade das tripulações da C30, é um treino especial para a Semana de Vela”, também com sede no Yacht Club de Ilhabela (YCI).

Na visão de Dottori, o principal fator da C30 é a possibilidade de vitória aberta a todas as tripulações, o que mantém a motivação sempre elevada para se velejar. “A equipe mais bem treinada é a do Caiçara, do comandante Marcos Cesar, por isso é merecidamente a atual campeã do Circuito Ilhabela. Nós os vencemos por um ponto na primeira fase dessa deliciosa disputa, mas como diz a velha máxima do esporte: o jogo só acaba quando termina”, alerta Dottori.

As regatas deste fim de semana exigirão “roupas de tempo” para que os velejadores suportem temperaturas que não devem ir além de 15°C em Ilhabela. Conforme o Windguru, deve predominar o vento sudoeste, o chamado suduca, entre 11 e 13 nós no início das duas tardes. Ao contrário da abertura do Warm Up, pelo menos não há previsão de chuva. As largadas serão dadas ao meio-dia.

Foto: Edu Grigaitis

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Marolas podem trazer riscos; confira dicas para evitar ou atenuar

    As "ondinhas" formadas pelos barcos parecem inofensivas, mas são perigosas

    Como navegar à noite: dicas para sair em segurança com seu barco

    Navegação noturna envolve mais riscos e exige o dobro de atenção no posto de comando; confira

    Manual da ancoragem: saiba tudo sobre âncoras e como atracar com segurança

    Equipamento pode ter diferentes formas e adequações; saiba qual faz mais sentido para o seu barco

    Esculturas bordadas: artista francesa reproduz formas, texturas e cores dos corais

    As obras poéticas de Aude Bourgine pretendem despertar admiração pela natureza e o desejo de protegê-la

    Conheça Shicheng, cidade chinesa de 600 anos submersa propositalmente

    Local foi inundado há 64 anos para a construção da barragem hidrelétrica e hoje recebe mergulhadores