Emoção à vista

Por: Redação -
17/07/2014

A empresa de meteorologia Tempo OK! será a responsável por fornecer as informações sobre o tempo à Comissão de Regatas (CR) da 41ª Ilhabela Sailing Week, no período do maior evento náutico da América Latina, entre 19 e 26 de julho, que está reunindo 130 embarcações. A previsão será atualizada a cada hora, para que os juízes tenham a exata noção de como a regata deve se desenvolver em relação ao vento no Canal de São Sebastião. A primeira previsão é de que na Regata Alcatrazes por Boreste-Marinha do Brasil, os barcos estarão sob a ação do final de uma frente fria, o que deve pode acelerar a prova de abertura no domingo (20), com ventos na ordem de 15 nós (27 km/h) na direção sudoeste.

O serviço, fundamental para se traçar a estratégia a ser adotada em uma regata, não será exclusivo à CR. Antes do embarque das tripulações para as regatas de cada dia, o velejador João Hackerott, responsável pelas previsões da Tempo OK! para os eventos náuticos, apresentará no Yacht Club de Ilhabela um briefing sobre as condições de vento no dia de cada regata. Para as tripulações que desejarem obter um serviço meteorológico completo, em modelos de alta resolução, a empresa oferecerá uma previsão personalizada, em condições especiais para os inscritos na Ilhabela Sailing Week. Para informações sobre a consultoria particular, é necessário enviar e-mail para [email protected], com o título: Previsão para ISW.

“A regata até Alcatrazes ainda está um pouco longe para sermos precisos, mas os modelos indicam uma frente fria chegando ao litoral norte de São Paulo na sexta-feira (18) o que deve proporcionar ventos de média intensidade, de até 15 nós no domingo”, prevê Hackerott, formado em meteorologia pela USP, onde também concluiu mestrado em Ciência Atmosférica.

Acostumado a velejar nas classes Laser e Lightning pelo Yacht Club Santo Amaro (YCSA), Hackerott sugere que as tripulações que contornarem Alcatrazes estejam bem preparadas para cumprir o percurso de 60 milhas (110 km). “Apesar da previsão de sol para a tarde de domingo, as temperaturas não passarão de 20°C, o que exigirá que os velejadores estejam bem agasalhados. É fundamental manterem-se aquecidos a bordo. A parte boa é que o retorno do arquipélago para o Yacht Club de Ilhabela deverá ser rápido, provavelmente de balão”. O recorde da regata pertence ao S40 Cusi 5. Impulsionado pela entrada de uma frente fria, o veleiro argentino estabeleceu o tempo de 6h12m26 em 2009.

A montagem da raia em Ilhabela, principalmente quando o vento não tem direção predominante, costuma dificultar o árduo trabalho da CR no posicionamento das boias para que a raia ofereça a melhor condição possível de velejada. Uma previsão de vento mais precisa pode agilizar os processos que antecedem a largada. “A maior ajuda está na escolha correta do local da raia. A informação prévia pode evitar, por exemplo, que se perca até duas horas na indefinição entre sul e leste até que o vento se firme”, avalia o diretor do Comissão de Regatas, Carlos Sodré, o Cuca.

“Outro fator muito importante que você pode reforçar diante de uma previsão de ventos fortes, é a segurança. Com a informação passada pela Tempo OK! para a abertura da Ilhabela Sailing Week, já emitimos um aviso às tripulações para que guarneçam suas embarcações na marina do clube a partir desta sexta-feira (18). Mesmo em regata, a previsão nos oferece condições de mantermos os velejadores em segurança. Essa é a prioridade”, reforça Cuca.

Foto: Carlo Borlenghi/Rolex

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Catamarã elétrico de startup vence concurso e fará parte da autoridade marítima de Singapura

    Embarcação participa do projeto singapurense que pretende acabar com emissões portuárias até 2050

    Casas flutuantes em alta: conheça as mais luxuosas do mundo

    Inspire-se com cinco modelos das moradias sobre as águas que estão fazendo a cabeça dos milionários

    Com dois barcos de 19 pés, Ross Mariner mostra lançamento no Rio Boat Show 2024

    Boas opções de entrada, embarcações estarão no salão, de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    NÁUTICA Talks recebe Marina Bidoia, mais jovem velejadora a concluir a Refeno

    Velejadora realizou o trajeto Recife-Fernando de Noronha aos 24 anos, e vai levar experiência ao Rio Boat Show 2024

    Posto flutuante da rede Golfinho estará no Rio Boat Show 2024

    Loja de conveniência batizada de WayPoint também será apresentada de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória