Renomado estaleiro holandês revitaliza veleiro com propulsão híbrida

Por: Redação -
24/06/2021

O estaleiro holandês Royal Huisman relançou o ketch — um veleiro de dois mastros, sendo um mastro principal com duas velas e um mastro de mezena, menor — de nome Juliet, de 43,5 metros, projetado por Ron Holland, após uma conversão da motorização para a sua forma híbrida.

O veleiro, que chegou a Huisfit (agregada do estaleiro especializada somente em refit de embarcações) em setembro de 2019, foi atualizado para acomodar os avanços tecnológicos que ocorreram desde que foi entregue pela primeira vez, em 1993.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

veleiro juliet royal huisman

A atualização dos sistemas equipou o Juliet com propulsão híbrida (elétrica e a motor) e sistemas de geração de energia, que agora permitem a seus proprietários aproveitar os benefícios operacionais da navegação com baixos poluentes.

Esses benefícios incluem a operação silenciosa, emissões zero, potência gerada pelo eixo sob a vela e consumo de combustível reduzido.

A “peça central” da conversão é a nova caixa de câmbio da embarcação, de acordo com o estaleiro, e permitirá ao Juliet navegar em zonas de “emissão zero”, como os fiordes noruegueses, após 2026.

Leia também

» Conheça a scooter subaquática que pode mergulhar a até 3 metros de profundidade

» Estaleiro italiano lança série de superiates que une luxo e conceito

» Megaiate de 115 metros vai para a água na Alemanha. Assista ao vídeo

veleiro juliet royal huisman

A Royal Huisman enfatizou seu histórico comprovado em propulsão híbrida, após construir o pioneiro superiate Ethereal, em 2009.

“A Huisfit está oferecendo uma série de soluções verdes inteligentes para reduzir o uso de energia a bordo de superiates com tecnologia do século 20”, disse o presidente-executivo da Royal Huisman, Jan Timmerman. “Uma conversão da Huisfit em Amsterdã — de convencional para híbrido — é a última atualização de sistemas com propulsão e geração de energia de ponta.”, completou.

Por Naíza Ximenes, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Brasília Boat Show transformará a capital do país no epicentro do mercado náutico

    Primeira edição do salão no Centro-Oeste acontece de 14 a 18 de agosto, nas águas do Lago Paranoá; garanta seu ingresso!

    NX Boats desembarca nos EUA com sua maior lancha, a NX 50 Invictus

    Modelo de 50 pés com hardtop estreou recentemente em águas norte-americanas; estaleiro descreveu momento como “histórico”

    Professor larga tudo para dar volta ao mundo em veleiro de 8 metros

    Pelas redes sociais, Luke Hartley compartilha suas aventuras a bordo de uma 27 pés de 1976

    Mestra Boats exibirá grandes sucessos de 29 a 35 pés no Brasília Boat Show

    Estaleiro disponibilizará aos visitantes do evento náutico a Mestra 352 HT, seu maior modelo, e outros dois barcos bem resolvidos; confira

    No século 17, maior navio do mundo foi construído no Brasil e batizou o Aeroporto do Galeão

    Embarcação de guerra foi construída a pedido da coroa portuguesa, que buscava recuperar terras perdidas para a Espanha