Histórico

Por: Redação -
19/07/2014

A medalha de bronze conquistada ao lado do norueguês Eivind Melleby no início do mês de julho em Malcesine rendeu a Bruno Prada um espaço importante na história da vela mundial. Com o resultado, Bruno se tornou o proeiro mais premiado na história dos Campeonatos Mundiais da classe Star.

O bronze conquistado no lago de Garda serviu para desempatar a quantidade de medalhas comparadas ao italiano Nicolo Rode, que soma cinco premiações como proeiro da Star em Campeonatos Mundiais, sendo três ouros (1952, 53 e 56), uma prata (1948) e um bronze (1954).

“Ser o proeiro com o melhor desempenho da história em Mundiais na classe Star é muito especial. É a classe dos maiores nomes da vela mundial”, comenta.

Agora Bruno soma seis medalhas, sendo três de ouro conquistadas ao lado de Robert Scheidt (Cascais/2007, Perth/2011 e Hyères/2012), uma de prata (San Francisco/2006) e dois bronzes (Miami/2008 e Malcesine/2014). Bruno é atualmente o proeiro número um do mundo na classe Star, com 7.629 pontos.

Foto: Fred Hoffmann

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Fotos inéditas do Titanic prometem revelar detalhes nunca vistos dos destroços

    Expedição ao naufrágio conta com dois robôs ultra tecnológicos, que farão imagens e mapeamentos 3D no fundo do oceano

    Brasília Boat Show terá presença da NX Boats com lancha de luxo assinada pela Pininfarina

    Modelo estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto; ingressos para o salão já estão disponíveis

    Lancha resistente a fuzil é o novo reforço da Polícia Militar do Paraná; conheça o barco

    Embarcação militar Aruanã 29-CM-P atuará junto à Patrulha Costeira no combate à criminalidade e segurança de 39 comunidades

    Rei e cerveja: conheça a pequena ilha que tem ‘monarca’ próprio e pub centenário

    Pertencente à Inglaterra, Ilha de Piel é habitada há pelo menos 3 mil anos e conta com um antigo castelo

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda