Iate de Steve Jobs, criador da Apple, está à venda: R$ 670 milhões

16/01/2022

Anos antes de sua morte prematura devido a uma doença terminal em 2011, o mago da tecnologia Steve Jobs contratou o renomado arquiteto e designer industrial francês Philippe Starck para projetar seu megaiate, o Venus, de 78 metros de comprimento (256 pés).

Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp

A embarcação, que o estaleiro holandês Feadship construiu ao longo de seis anos, foi lançada em 2012, aproximadamente um ano após a morte do homem que criou a Apple, ficando sob os cuidados de sua família. Agora, a viúva de Jobs, Laurene Powell, resolveu colocá-la à venda, por 120 milhões de dólares (cerca de R$ 670 milhões na conversão atual).

Como se poderia esperar de um barco idealizado por Jobs, o Venus ostenta o que há de mais moderno em tecnologia Apple. Tem, por exemplo, sistemas de navegação de última geração, da marca da maçã, para ajudar o comandante em seus deslocamentos, além de vários acessórios da Apple para o entretenimento e o conforto dos privilegiados passageiros.

Sobre casco de alumínio, Philippe Starck projetou o exterior do iate com linhas retas e ângulos de 90 graus. Repare no formato da proa, reta, quase vertical, que deixa o casco com maior comprimento na linha d’água. Por sua vez, a popa, incomum, plana e quadrada, abre-se para revelar uma garagem de tender.

Não há nenhum radar visível, nem qualquer equipamento de satélite; tudo isso está escondido dentro de uma caixa, que é para manter o exterior do Venus extremamente limpo, como gostava Jobs.

O exterior é dominado por uma impressionante pintura prateada, com detalhes brilhantes de aço inox e uma linha de janelas retangulares, que se estendem do chão ao teto e vão desde a proa até a meia-nau.

Por sua vez, a superestrutura baixa, contrastando com o comprimento do barco, foi feita inteiramente de vidro, em formato curvo, com mais de duas polegadas de espessura. E várias telas de computador Mac se alinham dentro dessas janelas.

Com capacidade para acomodar confortavelmente até 23 convidados, além da tripulação de pelo menos mais 12 pessoas, o Venus é usado com frequência pela família Jobs. Não chega a ser um paraíso antiaglomeração.

Ainda assim, em 2020, no auge da pandemia, Laurene Powell (acompanhada da filha caçula, Eve) curtiu quarentena na Riviera Francesa a bordo do megaiate que herdou do marido (junto com 17 bilhões de dólares em ações da Apple).

Aproveite que chegou até aqui e assista abaixo ao teste do Azimut 27 Metri, um dos maiores e mais modernos iates feitos no Brasil, que já teve mais de 500 mil viualizações no Canal NÁUTICA.

Clique aqui e INSCREVA-SE no canal de NÁUTICA no YouTube para não perder vídeos exclusivos

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Especialista em pisos e tapetes náuticos, Kapazi estará na estreia do Brasília Boat Show

    Revestimentos e acessórios da Kapazi atracarão no Brasília Boat Show, no Lago Paranoá, de 14 a 18 de agosto. Confira!

    SIVI: vento fraco desafiou equipes na Regata Mitsubishi Eduardo Souza Ramos

    Os 100 barcos das classes ORC, BRA-RGS, Clássicos, RGS Cruiser e C-30 enfrentaram instabilidade do vento e da correnteza na última terça-feira (23)

    Referência em revestimentos náuticos, Agroquímica levará oito opções ao Brasília Boat Show

    Empresa apresentará diversidade de cores, texturas e aplicações com produtos da marca Kelson’s

    Mais de 3 mil anos atrás: conheça 5 dos naufrágios mais antigos da história

    Através das descobertas, pesquisadores conseguem decifrar hábitos, comércio e até tecnologias de época

    Veleiro feito de sucata leva restos de construção, madeira e até placas de rua

    Ainda no plano das ideias, catamarã terá casco forte para navegar pelo mundo e jardim que garantirá alimentos para os passageiros