Made in Brazil

08/04/2015

Com a forte alta do dólar, o estaleiro Cimitarra, que produz lanchas de luxo entre 34 a 76 pés, volta apostar na exportação. Para isso, já iniciou sua certificação para o mercado americano. “Estamos adaptando as lanchas para padrões internacionais, afim de comercializá-las para qualquer lugar do mundo. O plano de negócios é começar pelo mercado de Miami”, afirma Marthina Gomes Ko Freitag, responsável pelo marketing da marca.

Além disso, assim como a catarinense Schaefer Yachts, que planeja planta na Coreia do Sul, a Cimitarra pretende implantar um estaleiro na Ásia. “A planta asiática é um projeto para longo prazo. Ainda estamos estudando possibilidades”, completa. A meta do estaleiro gaúcho, com sede na cidade de Vera Cruz, é fabricar 90 barcos em 2015, dos quais já vendeu 25 neste início de ano, 18 delas no Rio Boat Show. Como uma coisa puxa a outra, o estaleiro foi nomeado pela Volvo Penta o maior revendedor de seus motores no Brasil.

Foto: Divulgação/Cimitarra

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Casal troca apartamento para viver em veleiro com seis gatos

    Embora a rotina de manutenção do catamarã seja dura e exigente, Aline e José garante que vale a pena

    Novo submarino Tonelero será lançado ao mar no fim de março, no Rio de Janeiro

    Gigante equipamento militar equivale o peso de 234 carros populares e tem 71,6 metros de comprimento

    Carga bilionária: Colômbia vai extrair tesouros do "Santo Graal dos Naufrágios"

    Embarcação espanhola que naufragou em 1708 levou US$ 20 bilhões para o fundo do mar

    Recém-lançado, Neuboat Dock Raymarine é novidade da Marine Express

    Semelhante a uma câmera de ré, o Neuboat Dock é capaz de mapear o ambiente e trazer imagens 360º ao piloto

    Venda de ingressos para o Rio Boat Show 2024 é aberta; garanta o seu

    Evento conhecido por reunir o melhor do lifestyle náutico acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória