Linha náutica de aparelhos de som foi destaque da MS Áudio no Rio Boat Show

22/04/2022
Fotos: Rogério Pallatta

A MS Audio Brazil, empresa especializada em aparelhos de som com diversas adaptações, foi uma das empresas que esteve no Rio Boat Show, que voltou, neste ano, às águas da Baía de Guanabara.

Com uma equipe de engenheiros acústicos qualificada, o ponto forte da empresa no salão náutico foi a sua Linha Adventure — uma série de aparelhos de som que podem ser instalados em jets, lanchas e quaisquer outros lugares sujeitos a umidade ou água.

Eles consistem, majoritariamente, em caixas de som com conexão bluetooth, sendo que todas elas são eletrônicas à prova de água, de terra e de poeira.

A 23ª edição do maior salão náutico outdoor da América Latina aconteceu de 3 a 10 de abril, na Marina da Glória, reunindo os principais lançamentos e destaques do mercado em um só lugar, com barcos na água e a bela Baía de Guanabara como cenário, além de diversas atrações. Foram oito dias de muita interação entre clientes, fabricantes, distribuidores e revendedores do setor.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Homem nada mais de 100 metros sem respirar em lago congelado e quebra dois recordes

    Aos 52 anos, experiente nadador suíço acumula títulos e já deteve outro recorde mundial; confira

    Resorts 'no meio do nada' oferecem de natação com cavalos a plantio de recifes

    Ultraluxuosos, estabelecimentos cercados por belas águas buscam se diferenciar com passeios extravagantes; conheça 5 deles

    Búzios ganhará Centro de Desenvolvimento da Vela após parceria de ICAB e CBVela

    Parceria inédita prevê treinos das equipes jovem e principal, clínicas, uma escola de vela e projeto social para fomento do esporte na região

    Tubarão mais rápido dos oceanos é filmado no litoral de São Paulo; assista

    Conhecido como tubarão-mako, animal que pode atingir até 70 km/h foi flagrado próximo à Ilhabela

    Pinguim aparece em praia de Cabo Frio (RJ), surpreende banhistas e levanta dúvida: é normal?

    Apesar de ter sido visto navegando tranquilamente no mar transparente da região, presença do animal em águas brasileiras levantou questionamentos