Linha náutica de aparelhos de som foi destaque da MS Áudio no Rio Boat Show

22/04/2022
Fotos: Rogério Pallatta

A MS Audio Brazil, empresa especializada em aparelhos de som com diversas adaptações, foi uma das empresas que esteve no Rio Boat Show, que voltou, neste ano, às águas da Baía de Guanabara.

Com uma equipe de engenheiros acústicos qualificada, o ponto forte da empresa no salão náutico foi a sua Linha Adventure — uma série de aparelhos de som que podem ser instalados em jets, lanchas e quaisquer outros lugares sujeitos a umidade ou água.

Eles consistem, majoritariamente, em caixas de som com conexão bluetooth, sendo que todas elas são eletrônicas à prova de água, de terra e de poeira.

A 23ª edição do maior salão náutico outdoor da América Latina aconteceu de 3 a 10 de abril, na Marina da Glória, reunindo os principais lançamentos e destaques do mercado em um só lugar, com barcos na água e a bela Baía de Guanabara como cenário, além de diversas atrações. Foram oito dias de muita interação entre clientes, fabricantes, distribuidores e revendedores do setor.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sino de navio americano naufragado durante a Primeira Guerra Mundial é encontrado na Inglaterra

    Embarcação naufragou após ser atingida por submarino alemão; objeto será exposto no Museu da Marinha americana

    Com método inovador, jovem inventor quer acabar com plásticos no mar

    Irlandês criou equipamento para monitorar poluição aos 12 anos e foi premiado pelo Google aos 18; conheça

    Procurando um terreno? Ilha intocada na Patagônia Chilena está à venda

    Local tem cerca de 445 km², mais de 80 lagos, a Cordilheira dos Andes de fundo e custa aproximadamente R$ 173,6 milhões

    1ª embarcação capaz de produzir seu próprio hidrogênio está prestes a finalizar volta ao mundo

    Barco percorreu mais de 63 mil milhas náuticas só com energias renováveis

    Expedição realizada no Chile pode ter descoberto mais de 100 novas espécies marinhas

    Biólogos do Censo Marinho têm o objetivo de descobrir 100 mil novos seres do mar nos próximos 10 anos