Noite selvagem

Por: Redação -
24/03/2015

As últimas horas da quinta etapa da Volvo Ocean Race foram bem complicadas e perigosas para os atletas que navegam rumo ao Brasil. Passando pelo Oceano Antártico, as equipes foram obrigadas a fazer manobras e trocas de vela arriscadas na alta velocidade do vento de popa. Os veleiros ficaram literalmente colados na água. Apesar da complexidade dos movimentos, nenhum velejador saiu ferido. O brasileiro André ‘Bochecha’ Fonseca, integrante do Mapfre, participou das manobras.

“Quando o mastro ficou quase grudado na água eu sofri o maior susto da minha vida”, disse o repórter a bordo do Mapfre, Fran Vignale. “Tivemos que reparar velas e perdemos tempo com isso. Mesmo com o susto e as manobras, não perdemos muito tempo e conseguimos nos recuperar”.

O time do Dongfeng foi o primeiro a relatar a realização dessa manobra, chamada de jibe chinês. “Levou de duas a três horas para resolver a confusão, o barco estava todo de lado”, disse Yann Riou, repórter a bordo da equipe vermelha.

O comandante Charles Caudrelier relatou a experiência. “Curioso experimentar o meu primeiro jibe chinês em um barco chinês. Será uma história que contarei para todas as gerações, mas confesso que a noite passada foi um inferno. Ficamos deitados na água, com 40 nós de vento e 5 metros onda. Isso não é divertido. Estranhamente, no entanto, esta posição é muito calma e tranquila a bordo. Não temos o barulho usual e dá para se comunicar”.

A liderança da etapa cinco – entre Auckland e Itajaí – está nas mãos dos holandeses do Team Brunel. O Abu Dhabi é que está mais próximo deles. Em terceiro está o Team Alvimedica, seguido pelo Mapfre, Dongfeng e Team SCA.

Veja o vídeo da manobra “jibe chinês”:

 

Foto: Matt Knighton/Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sino de navio americano naufragado durante a Primeira Guerra Mundial é encontrado na Inglaterra

    Embarcação naufragou após ser atingida por submarino alemão; objeto será exposto no Museu da Marinha americana

    Com método inovador, jovem inventor quer acabar com plásticos no mar

    Irlandês criou equipamento para monitorar poluição aos 12 anos e foi premiado pelo Google aos 18; conheça

    Procurando um terreno? Ilha intocada na Patagônia Chilena está à venda

    Local tem cerca de 445 km², mais de 80 lagos, a Cordilheira dos Andes de fundo e custa aproximadamente R$ 173,6 milhões

    1ª embarcação capaz de produzir seu próprio hidrogênio está prestes a finalizar volta ao mundo

    Barco percorreu mais de 63 mil milhas náuticas só com energias renováveis

    Expedição realizada no Chile pode ter descoberto mais de 100 novas espécies marinhas

    Biólogos do Censo Marinho têm o objetivo de descobrir 100 mil novos seres do mar nos próximos 10 anos