Em encontro no Rio, presidente Jair Bolsonaro recebe players da indústria náutica brasileira

Por: Redação -
05/04/2022
O presidente Jair Bolsonaro (no centro) e o ministro da Economia, Paulo Guedes, durante encontro com alguns dos principais players do mercado náutico brasileiro no Rio. Na foto: Paulo Guedes, Jaime Alves (Flexboat), André Motta (Ventura Marine), Jair Bolsonaro, Marcio Schaefer (Schaefer Yachts), Eduardo Colunna (Acobar) e José Galizio Neto (Sessa Marine/Intech Boating)

Sem medir esforços em apoiar o setor náutico brasileiro, especialmente a indústria de barcos, e enxergando o potencial turístico náutico do Brasil, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, receberam na manhã desta segunda (04), no Rio, alguns dos principais players do mercado náutico brasileiro e a nova diretoria eleita da Acobar (Associação Brasileira dos Construtores de Barcos e seus Implementos) para reafirmarem o compromisso do Governo Federal em continuar a fortalecer o mercado náutico nacional.

No encontro, estavam presentes Marcio Schaefer (Schaefer Yachts), Eduardo Colunna (presidente da Acobar), José Galízio Neto (Sessa Marine/Intech Boating), André Motta (Ventura Marine) e Jaime Alves (Flexboat).

O setor náutico no Brasil tem um enorme potencial de crescimento, com os fabricantes nacionais produzindo embarcações com tecnologia, competência e mão de obra especializada. É um dos setores da indústria que mais empregam no país. Cada embarcação produzida gera, em média, oito postos de trabalho. Proporcionalmente, um dos setores que mais empregam quando se compara a cadeia como um todo.

E o presidente Jair Bolsonaro, assim como o ex-ministro do Turismo, Gilson Machado, enxergaram isso e olham com muito carinho e sem preconceito para um setor da economia que gera milhares de empregos, que é o setor náutico.

O encontro, que aconteceu em um momento importante do calendário náutico do Brasil, durante a semana da realização do Rio Boat Show 2022 (maior vitrine da indústria náutica brasileira), representa uma grande vitória para o setor e motivo de estímulo para o setor continuar na rota de crescimento.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Megaiate apreendido vira "batata-quente" para os Estados Unidos; entenda o caso

    Governo norte-americano quer vender embarcação e alega não ter condições de pagar manutenção

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta

    Conheça o Volitan, barco voador que está próximo de se tornar realidade na Amazônia

    Criado pela startup AeroRiver, embarcação deve chegar para o transporte de cargas e pessoas na região em 2026

    Conheça a história do "Titanic dos Alpes", navio a vapor que será resgatado 90 anos após naufragar

    Embarcação foi afundada propositalmente em 1933, no Lago Constança, na Europa