Prime You anuncia últimas cotas das lanchas Intermarine 60 e 66 em seu sistema de compartilhamento

11/04/2022

Pioneira no Brasil e líder na América do Sul no crescente segmento de propriedade compartilhada de produtos de alto valor agregado, que permite dividir a compra de aviões, helicópteros, barcos, imóveis e carros esportivos, com redução de custo individual, a Prime You está ampliando sua divisão Prime Yachts adquirindo nada menos que cinco embarcações da Intermarine, que estarão disponíveis para navegar ao longo de 2022.

São quatro lanchas e um iate novinhos em folha, de 56, 60, 66 e 80 pés e 24M, que ficarão ancorados em Angra dos Reis e no Guarujá, devendo estar disponíveis para navegar ao longo de 2022. Ficou interessado? Acelere.

De acordo com o CEO e fundador da Prime You, Marcus Matta, as cotas das Intermarine 60 e Intermarine 66 estão praticamente esgotadas: “Temos apenas uma cota de cada uma dessas lanchas”.

Considerado um jeito inteligente de ter bens de luxo, o modelo de negócios permite dividir a compra dessas embarcações por até quatro pessoas, de forma a diminuir o custo individual. Depois, cada um dos cotistas tem direito a certo número de dias de uso por ano — no caso, até 10 semanas.

Marcus Matta: CEO e fundador da Prime You

A lógica do negócio é simples: os donos de grandes lanchas e iates não costumam navegar o ano inteiro. Exceto por aqueles que têm a pesca como hobby, a maioria dos donos de barcos no Brasil navega poucas horas por ano. Segundo estimativas mais otimistas, não mais que 75 horas anuais. Na maior parte do tempo, o barco fica parado na marina ou iate clube.

“Por isso, sai mais em conta adquirir a cota de uma embarcação. Além disso, ao dividir uma lancha ou um iate, o proprietário não precisa arcar sozinho com as despesas. Os gastos fixos mensais são divididos por quatro. Com isso, reduzem-se em 75%.”, explica Marcus Matta.

A Intermarine 24M é uma referência na categoria de iates, por seu porte, estilo e sofisticação combinados à excelente navegabilidade.

“São diversas as vantagens do compartilhamento de bens, destacadamente o custo de aquisição, que, no caso das embarcações, cai para 25% do valor, se comparado à compra do ativo de forma exclusiva individual, o que tem contribuído para acelerar a demanda de pessoas por barcos compartilhados”, completa Marcus Matta.

Se a compra é compartilhada, o uso do bem é exclusivíssimo. A Prime You entrega o barco pronto para o uso pelo cliente, incluindo um baú exclusivo e individual – ao gosto de cada um dos proprietários –, com a finalidade de personalizar a embarcação da maneira indicada pelo cotista.

As amenities incluem desde decoração específica, porta-retratos, jogos de cama (com as iniciais de seu nome), mesa e banho, até um chef de cozinha para preparar pratos da sua preferência, dependendo do tamanho da embarcação.

Os sócios do bem adquirido não precisam ser amigos, nem mesmo conhecidos. Além disso, a empresa fornece o serviço de administração do ativo e fica responsável pelos cuidados com a manutenção, contratação e treinamento de marinheiro, e documentação do barco.

Tudo fica oficializado com a formação de uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), modelo de organização empresarial pelo qual se constitui uma nova empresa, uma sociedade anônima, cuja atividade é bastante restrita; no caso, a propriedade compartilhada de uma embarcação.

Para que não haja divergências entre os cotistas sobre quais períodos cada um terá direito de usar o barco (sempre o ponto mais delicado desse tipo de negócio), é feito entre eles um pré-acordo para o uso ao longo de todo o ano.

Por exemplo: o cotista nº 1 faz uma opção pelo Carnaval; o nº 2, pelo feriado de Tiradentes; o nº 3, pelo de 7 de setembro; o nº 4, pelo da Proclamação da República, e assim por diante. Se não houver acordo, faz-se um sorteio.

No ano seguinte, aqueles nãos contemplados inicialmente ficam com a prioridade. As regras de uso são bem flexíveis. O importante é que cada um terá, no mínimo, dez semanas de uso por ano.

Para adquirir uma cota, o interessado faz um investimento inicial de 30% do valor da embarcação e paga o restante do saldo em parcelas a combinar. O custo da cota varia de acordo com o modelo escolhido.

Vale ressaltar que o sistema de propriedade compartilhada movimenta o mercado náutico, que deverá ter um forte crescimento neste ano, apesar da desaceleração da economia do país. Não é todo dia que alguém (pessoa física ou empresa) faz uma encomenda de cinco embarcações de uma só vez; ainda mais de grande porte, como fez a Prime You.

Sobre a Prime You

Fundada em outubro de 2008, a Prime You atua no segmento de propriedade compartilhada com operações tanto na área da aviação executiva (Prime Aviation, de jatos e helicópteros) quanto de barcos (Prime Yachts), casas com embarcação e casas de campo (Prime Real Estate), além de carros esportivos (Prime Cars) — é a única no País a compartilhar diferentes ativos.

As operações com embarcações tiveram início em 2012, com a criação da Prime Yachts, já com várias embarcações em nossas águas.

A empresa também opera na gestão dos ativos para quem deseja profissionalizar a administração do seu bem, assim como na compra, venda e comercialização de aeronaves de terceiros e, agora, no segmento de táxi aéreo.

Fundada em 2008, a Prime You é a única no País a compartilhar diferentes ativos: aeronaves executivas, barcos, casas com embarcação, casas de campo e carros esportivos

Com valor de mercado na casa dos R$ 500 milhões, a Prime You mantém crescimento acentuado e sustentável, com uma média de 26% ao ano. Em 2020, mesmo durante a pandemia do coronavírus, o crescimento dobrou, saltando para 52%. Em 2021, outro avanço, dessa vez de mais 40%.

“O nosso modelo de compartilhamento está se consolidando como o jeito inteligente de ter, pois pessoas físicas, jurídicas e profissionais liberais buscam hoje racionalizar seus investimentos. Daí virmos registrando índices consecutivos de crescimento em todas as modalidades”, explica Marcus Matta.

Por trás desse crescimento, está uma nova realidade: comprar uma fatia de um produto de alto padrão não é coisa de quem tem poucos recursos — até porque o valor desses bens é altíssimo —, mas para pessoas inteligentes.

Intermarine 56: uma das últimas novidades da Intermarine lançada no São Paulo Boat Show 2021.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Fotos inéditas do Titanic prometem revelar detalhes nunca vistos dos destroços

    Expedição ao naufrágio conta com dois robôs ultra tecnológicos, que farão imagens e mapeamentos 3D no fundo do oceano

    Brasília Boat Show terá presença da NX Boats com lancha de luxo assinada pela Pininfarina

    Modelo estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto; ingressos para o salão já estão disponíveis

    Lancha resistente a fuzil é o novo reforço da Polícia Militar do Paraná; conheça o barco

    Embarcação militar Aruanã 29-CM-P atuará junto à Patrulha Costeira no combate à criminalidade e segurança de 39 comunidades

    Rei e cerveja: conheça a pequena ilha que tem ‘monarca’ próprio e pub centenário

    Pertencente à Inglaterra, Ilha de Piel é habitada há pelo menos 3 mil anos e conta com um antigo castelo

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda