Quebrou!

Por: Redação -
30/03/2015

O veleiro Dongfeng Race Team, que disputa a regata de volta ao mundo, Volvo Ocean Race quebrou o mastro na aproximação ao Cabo Horn, nesta segunda-feira (30). Os chineses relataram que nenhum atleta se feriu e que a decisão de continuar ou não na quinta etapa será anunciada nas próximas horas. Existe a possibilidade de levar o barco até o Ushuaia e estabilizar a embarcação. Feito isso, o time pode voltar à disputa e perder menos pontos.

A tripulação informou que o mastro quebrou acima do terceiro spreader. O comandante Charles Caudrelier disse que o mastro quebrou do nada com cerca de 30 nós de vento. “Não somos capazes de navegar em segurança. Precisamos agora avaliar como vamos chegar em Itajaí”.

O Centro de Coordenação de Resgate Marítimo (MRCC) está ciente da situação e está de prontidão para ajudar, se necessário.

A quinta etapa ocorre entre a Nova Zelândia e o Brasil, mais precisamente Itajaí. Os barcos que continuam na travessia devem chegar em Santa Catarina no feriado de Páscoa. Muitos já cruzaram o Cabo Horn hoje, inclusive o Mapfre, veleiro que tem como tripulante o brasileiro André “Bochecha” Fonseca.

Foto: Divulgação/Dongfeng

 

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Megaiate apreendido vira "batata-quente" para os Estados Unidos; entenda o caso

    Governo norte-americano quer vender embarcação e alega não ter condições de pagar manutenção

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta

    Conheça o Volitan, barco voador que está próximo de se tornar realidade na Amazônia

    Criado pela startup AeroRiver, embarcação deve chegar para o transporte de cargas e pessoas na região em 2026

    Conheça a história do "Titanic dos Alpes", navio a vapor que será resgatado 90 anos após naufragar

    Embarcação foi afundada propositalmente em 1933, no Lago Constança, na Europa