Saluzi

Por: Redação -
28/04/2015

O Saluzi é um iate de 69 metros, 226 pés, construído em 2003 pelo estaleiro australiano Austal e que vem recebendo inúmeras modificações desde que foi para a água. A última plástica completa foi terminada em 2013 pela Horizon Yachts e desde então o superiate está disponível para charter em águas asiáticas e esteve presente no Singapore Yacht Show chamando bastante atenção pelas belas linhas exteriores e a grande pintura no casco. A obra de arte do cavalo no exterior do iate foi especialmente criada pelo artista Li Jiwei como uma interpretação moderna do conto antigo, já que Saluzi é o nome de um cavalo mítico que mesmo ferido por uma flecha durante uma batalha volta em segurança para continuar servindo a um imperador. Para o artista, Saluzi é “uma expressão do Oriente e do Ocidente, uma mistura de espiritualidade e materialidade”.

O espeço interno do iate também foi renovado no projeto de 2013 e recebeu decoração ao estilo de uma casa de praia. O interior foi um projeto de Luiz De Basto, nome que dispensa apresentações no Brasil. “O briefing para o interior do Saluzi foi, desde o primeiro dia, pensar diferente para ser original. Apesar de não saberem exatamente onde isso nos levaria, os proprietários sabiam exatamente o que não queriam. Eles não queriam trilhar um caminho seguro e não tinham medo de correr riscos. Foi uma ótima oportunidade para exercer a criatividade e se inspirar”, disse De Basto.

Outro ponto que destaca o Saluzi entre os grandes iates para charter são as inúmeras atrações a bordo que inclui banheiras jacuzzi ao ar livre e amplos espaços de convivência também externas. Há, ainda, um cinema privativo para os convidados a bordo. Spa, sala de jogos e academia completam as atrações a bordo do Saluzi. Já para quem quer aproveitar a água, inúmeros brinquedos náuticos, incluindo jets, estão disponíveis aos convidados deste impressionante superiate.

Com casco e superestrutura em alumínio, o Saluzi possui um sistema de estabilização moderno que reduz o efeito do movimento e garante muito conforto. Navegando a velocidade de cruzeiro de 12 nós, e máxima de 16 nós, ele se mostra uma perfeita combinação de desempenho e conforto.

O Saluzi está disponível para charters na Ásia e já fez viagens pela costa japonesa, pelas Maldivas e também pela Tailândia.

Fotos: Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

 

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show do ano 2000

    Terceira edição do evento teve de lancha sendo construída ao vivo a tanque de mergulho de 5 m de profundidade

    Com propulsão eólica, Airbus terá frotas marítimas contra emissões de dióxido de carbono

    Gigante da indústria aeroespacial terá velas rotativas e motores biocombustíveis; entenda

    Vila flutuante nas Maldivas promete ser o mais novo "point" dos milionários

    Projeto da rede de hotéis de luxo Soneva traz uma série de comodidades luxuosas com diárias a partir de R$ 25,6 mil

    São Paulo inaugura estruturas náuticas de uso público para alavancar turismo

    Municípios de Pereira Barreto, Três Fronteiras e Rubinéia deram início à primeira fase do Programa de Turismo Náutico

    Nada de bingo! Aos 81 anos, velejadora aposentada bate recordes navegando sozinha

    Mesmo aposentada, Jeanne Socrates já realizou voltas ao mundo num veleiro, e totalmente solitária