Viva Saveiro

Por: Redação -
27/02/2015

Os saveiros, embarcações a vela tradicionais, estão cruzando as águas da Baía de Todos os Santos há 200 anos e a associação Viva Saveiro luta para que este tesouro baiano não desapareça. Uma das ações da Viva Saveiro é a recuperação de embarcações que estavam em péssimas condições. E foi por esta iniciativa que o saveiro Sempre Feliz ganhou nova vida e está voltando a navegar na Baía de Todos os Santos.

E para comemorar, o Trio de Ouro (saveiros Sombra da Lua, É da Vida e Mensageiro do Destino) o acolhe e juntos desfilam de Salvador até Jaguaripe pela contra costa da Ilha de Itaparica num bordejo festivo.

A saída está marcada para o dia 6 de março, próxima sexta-feira, no Terminal Náutico. A comemoração toma conta do fim de semana e o retorno a Salvador está marcado para domingo, dia 8 de março.

Este é o quinto saveiro recuperado pela Viva Saveiro. As inscrições para o bordejo podem ser feitas até o dia 1º de março. Site da associação: www.vivasaveiro.org

Fotos: Divulgação/Viva Saveiro

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show do ano 2000

    Terceira edição do evento teve de lancha sendo construída ao vivo a tanque de mergulho de 5 m de profundidade

    Com propulsão eólica, Airbus terá frotas marítimas contra emissões de dióxido de carbono

    Gigante da indústria aeroespacial terá velas rotativas e motores biocombustíveis; entenda

    Vila flutuante nas Maldivas promete ser o mais novo "point" dos milionários

    Projeto da rede de hotéis de luxo Soneva traz uma série de comodidades luxuosas com diárias a partir de R$ 25,6 mil

    São Paulo inaugura estruturas náuticas de uso público para alavancar turismo

    Municípios de Pereira Barreto, Três Fronteiras e Rubinéia deram início à primeira fase do Programa de Turismo Náutico

    Nada de bingo! Aos 81 anos, velejadora aposentada bate recordes navegando sozinha

    Mesmo aposentada, Jeanne Socrates já realizou voltas ao mundo num veleiro, e totalmente solitária