Adeus, Carlão!

Por: Redação -
20/09/2016

Um dos mais conhecidos professores náuticos do Brasil, Carlos Polacco, da Porthos Náutica, formador de mais de 21 mil alunos, nos deixou na madrugada de ontem (19), vítima de um infarto, na cidade de Conegliano, norte da Itália.

Em 1982, o capitão amador Carlos Polacco deu um tempo nos cálculos da engenharia para virar professor de navegação. O tempo passou e, Carlão, como era conhecido no meio náutico, formou mais de 21 mil alunos, entre eles personalidades do universo náutico, como o velejador Robert Scheidt, bicampeão olímpico e 15 vezes campeão mundial de iatismo. “Eu sempre quis dividir com outras pessoas minha experiência em navegação. E consegui!”, disse Carlão, em uma das últimas entrevistas para NÁUTICA, em agosto do ano passado.

Mesmo antes da obrigatoriedade das aulas embarcadas, por parte da Marinha, para a obtenção do arrais amador (primeira habilitação náutica, que permite a condução de embarcações de lazer em águas abrigadas), ele já oferecia módulos práticos — uma raridade entre os cursos de navegação, predominantemente teóricos.

Com mais de 30 mil horas navegadas, Carlão era um apaixonado pelo mar, com nada menos que três travessias oceânicas, tendo, numa delas, sobrevivido a um furacão. E sempre demonstrou igual paixão pelo ensino. Para Carlão, formar bons navegadores não bastava: era preciso aumentar a comunidade de “amigos do mar”, expressão que serve tanto para designar pessoas que zelam pelos oceanos quanto quem está sempre disposto a ajudar o próximo nas águas.

Carlão deixa a esposa, Helena Maria, dois filhos, um neto e muitos amigos do mar, que nunca esquecerão seus ensinamentos.

A equipe da revista NÁUTICA, que conviveu de perto com Carlão e sua família durante muitos anos, expressa sinceros sentimentos à família Polacco.

Notícia atualizada dia 20/09, às 16 horas.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Mestra Boats exibirá grandes sucessos de 29 a 35 pés no Brasília Boat Show

    Estaleiro disponibilizará aos visitantes do evento náutico a Mestra 352 HT, seu maior modelo, e outros dois barcos bem resolvidos; confira

    No século 17, maior navio do mundo foi construído no Brasil e batizou o Aeroporto do Galeão

    Embarcação de guerra foi construída a pedido da coroa portuguesa, que buscava recuperar terras perdidas para a Espanha

    Ventura atracará com lanchas, pontoons e jets na estreia do Brasília Boat Show

    Conhecido pela variedade de produtos, estaleiro mineiro estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto

    6 ótimos motivos para você visitar o Brasília Boat Show

    O maior evento náutico do Centro-Oeste acontecerá de 14 a 18 de agosto, no Lago Paranoá

    Homem recupera Apple Watch que estava perdido no mar do Caribe há mais de um ano

    Aparelho foi encontrado ainda funcionando graças à ferramenta de localização do dispositivo