Classic Sailing Festival

Por: Redação -
17/06/2016

Acontece no Yacht Club Paulista (YCP) neste fim de semana, 18 e 19, o primeiro Classic Sailing Festival. O evento, de entrada gratuita, contará com barcos históricos expostos antes das regatas do primeiro Campeonato Brasileiro de Clássicos, homenagem ao velejador olímpico Guga Zarif com a presença de seu filho Jorginho, representante brasileiro da classe Finn nos Jogos do Rio, e com a participação da Marinha do Brasil. O medalhista olímpico Lars Grael também estará presente.

O Classic Sailing Festival receberá mais de 40 barcos pelos quais a história da vela pode ser contada. A classe Iole Olímpica, projetada para os Jogos de 1936, em Berlim, terá duas embarcações vindas de Dois Córregos (SP). Lars Grael correrá com uma delas. O exclusivo modelo 6M “Sea Whisper”, importado do Vietnam pela Pier 22, estará exposto no clube. Clássicos de Snipe, Star, Sharpie, Lightning e Pinguim também virão dos demais clubes da Guarapiranga e de cidades como Porto Alegre, Rio de Janeiro e Brasília.

Entre as raridades, o Bonifa será o representante da classe francesa Simplet, projetada em 1952. “Era uma proposta para os jovens franceses velejarem, a exemplo do Snipe nos Estados Unidos. Construía-se o barco com madeira durante o inverno, para aproveitá-lo no verão. Era fácil de se rebocar”, conta o presidente do Conselho Deliberativo do YCP e velejador, Frederico Hackerott.

O campeão mundial de Snipe, Ernesto Neugebauer, trouxe seu barco de Porto Alegre para correr no inédito Campeonato Brasileiro de Clássicos. “Serei o primeiro da fila. Não poderia perder a oportunidade. O barco veio direto do Veleiros do Sul (RS)”, afirma Ernesto, ansioso pela hora da largada. O velejador gaúcho venceu o Mundial de Snipe em 1977, na Dinamarca, ao lado de Boris Ostergreen.

Além das regatas, as relíquias náuticas serão julgadas também fora da água. “Faremos um concurso entre os veleiros clássicos com premiação para os três primeiros colocados adotando-se como critérios a originalidade e o estado geral de conservação para incentivarmos os proprietários”, avisa o diretor de Vela do YCP, Beto Hackerott. O comitê julgador atuará das 11h30 às 12h30 de sábado (18), formado pelo presidente da Comissão de Regatas (CR), Dionysio Sulzbeck; comandante do 8º Distrito Naval, Almirante Castilho e pelo presidente do Conselho do YCP, Frederico Hackerott.

Programação do Classic Sailing Festival

Sábado (18/6)
09h00 – Exibição de barcos clássicos
11h00 – Cerimônia de abertura
11h30 – Avaliação “Joia Clássica”
14h00 – Regatas do Brasileiro de Clássicos

Domingo (19/6)
10h00 – Homenagem ao velejador Guga Zarif
12h00 – Almoço comemorativo
14h30 – Regata “Homenagem aos Campeões” (todas as classes)
18h00 – Vernissage livro “São Paulo como me lembro” (Roberto da Rocha Azevedo)
18h00 – Premiação das regatas

Foto: Reprodução

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Fountaine Pajot leva catamarã de 16 metros ao Rio Boat Show 2024

    Aura 51 é o maior catamarã a vela sem flybridge do estaleiro francês e estará no evento náutico de 28 de abril a 5 de maio

    No NÁUTICA Talks, Elio Crapun palestra sobre revolução dos hidrofólios nas embarcações

    Velejador abordará detalhes sobre realidade e avanços de barcos que navegam sobre fólios durante o Rio Boat Show 2024

    Casarini Boats levará mistura de bote com jet ao Rio Boat Show 2024

    Embarcação inovadora será um dos destaques do evento que acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    No NÁUTICA Talks, Paula Vianna mergulha nos desafios da fotografia subaquática

    Vencedora de concursos internacionais, fotógrafa é presença confirmada no Rio Boat Show 2024

    Série de NÁUTICA com família a bordo de barco centenário já tem data de estreia

    Com 10 episódios, “A Europa como você nunca viu” acompanhará um casal, uma criança e um cachorro pelos canais dos Países Baixos