Doping na vela

Por: Redação -
27/07/2016

Um dos atletas russos classificados para os Jogos não passou nos exames antidoping. Pavel Sozykin (à esquerda da foto), de 28 anos, veleja pela classe 470 masculina e como a classe é disputada em dupla, a World Sailing (Federação Internacional de Vela) decidiu que o comitê olímpico da Rússia pode indicar um substituto para o atleta.

A World Sailing liberou, provisoriamente, seis atletas da vela russa para as Olimpíadas do Rio de Janeiro que começam no próximo dia 5. Com os escândalos de doping entre os atletas do país, o COI (Comitê Olímpico Internacional) havia decidido que as federações de cada esporte deveriam decidir quais atletas da Rússia estão elegíveis para os Jogos.

A decisão foi divulgada hoje, por escrito, para o COI, a Russian Yachting Federation e a para cada atleta. A World Sailing aguarda a confirmação do Tribunal de Arbitragem do Esporte (CAS).

Os seis atletas confirmados já estão no Rio de Janeiro se preparando para os próximos Jogos Olímpicos, mas, segundo a direção da World Sailing, ainda estão sujeitos a novos testes antidoping. Com relação aos Jogos Paraolímpicos, nenhum atleta russo havia se classificado.

Mais de um quarto da delegação russa está fora dos Jogos, ou seja, cerca de 100 atletas, entre eles campeões mundiais e olímpicos de vários esportes e o COI ainda espera um número final após as decisões das federações. A delegação contava com 384 atletas antes dos episódios de doping.

Confira a lista dos atletas confirmados:

Stefania Elfutina (RS:X Feminina)
Maksim Oberemko (RS:X Masculina)
Liudmila Dmitrieva (470 Feminina)
Alisa Kirilyuk (470 Feminina)
Sergey Komissarov (Laser)
Denis Gribanov (470 Masculina)

Foto World Sailing/Divulgação
Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingwww.nautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Vila flutuante nas Maldivas promete ser o mais novo "point" dos milionários

    Projeto da rede de hotéis de luxo Soneva traz uma série de comodidades luxuosas com diárias a partir de R$ 25,6 mil

    São Paulo inaugura estruturas náuticas de uso público para alavancar turismo

    Municípios de Pereira Barreto, Três Fronteiras e Rubinéia deram início à primeira fase do Programa de Turismo Náutico

    Nada de bingo! Aos 81 anos, velejadora aposentada bate recordes navegando sozinha

    Mesmo aposentada, Jeanne Socrates já realizou voltas ao mundo num veleiro, e totalmente solitária

    Solara Boat House fará sua estreia nas águas durante o Rio Boat Show 2024

    Estaleiro terá ainda 3 lançamentos e outros 6 barcos no evento que acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    Festa no mar: Tailândia tem mega balada flutuante em catamarã

    Com dois andares e capacidade para 500 pessoas, beach club leva agito a cenário paradisíaco