Fique de olho

Por: Redação -
07/04/2016

Comprar um barco é uma tarefa prazerosa – muitas vezes, a realização de um sonho -, mas que exige algumas preocupações. Tamanho, tipo, marca, acabamento, tamanho, propulsão, quanto se pretende gastar, são algumas das coisas que você pensa na hora da escolha, mas não para por aí. Depois de pesquisar, comparar e escolher, têm alguns detalhes que costumam passar despercebidos e aos quais convém ficar atentos. Confira:

Antiderrapante

Veja se todo o piso (e não apenas parte dele) é antiderrapante. E deve incluir, principalmente, a plataforma de popa, que vive molhada.

Paióis

As dobradiças deles não devem ficar salientes, para evitar lesões ou topadas. E as portas devem abrir e fechar sem qualquer força ou esforço.

Mesinha de centro

Tenha certeza de que há um lugar próprio para ela ser guardada quando não estiver em uso e que não seja improvisado.

Estofamentos

As costuras devem ser de qualidade, para impedir que a água infiltre e molhe a espuma. E o tecido deve ser antimofo. Veja, também, se as presilhas que prendem as almofadas ao casco são eficientes e sem ferrugem.

Tanque de água

Cheque de qual forma é feito o seu reabastecimento (o ideal é que tenha bocal externo) e, principalmente, a sua capacidade. Menos de 50 litros não é bom.

Pegadores

A quantidade deles pode variar – mas, quantos mais, melhor. Experimente sentar em todos os assentos e procurar por um pegador próximo. Tem que haver pelo menos um.

Para-brisa

Sente e fique de pé no posto de comando e confira se a altura do para-brisa não dificulta a visibilidade à frente. Depois, verifique o trinco da abertura central, que costuma dar muita dor de cabeça.

Bocal

O bocal para abastecimento externo de combustível quase sempre é um equipamento opcional. E quase ninguém sabe disso. Confira.

Cunhos

Os melhores (e mais caros) são os que ficam embutidos no casco. Mas os tradicionais já dão conta do recado. O ideal é que a lancha tenha seis deles: dois na proa, dois à meia-nau e dois na popa.

Banco do piloto

Alguns estaleiros oferecem bancos giratórios, com regulagens de altura e distância, apenas como acessório opcional. Outros, nem isso. Se sua estatura for fora do padrão, fique atento.

Painel

A bússola não pode dificultar a visibilidade. Veja, também, se há espaço para todos os relógios do motor no painel, além dos instrumentos de navegação.

Boia

Um barco bem projetado deve, necessariamente, oferecer um lugar específico e de fácil acesso para guardar a boia circular. Do contrário, ela atrapalhará a circulação e não estará à mão para emergências.

Porão

Veja se a laminação tem aplicação de gelcoat também dentro do porão, porque isso facilita muito a limpeza depois.

Foto: Arquivo NÁUTICA

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    E-combustíveis para o setor marítimo podem gerar 4 milhões de empregos, diz pesquisa

    Estudo foi encomendado pelo Fórum Marítimo Global e indica que as vagas serão abertas até 2050

    Futurista e feita de titânio: conheça a lancha de 55 pés que parece uma nave espacial

    Com estilo contemporâneo, será a primeira embarcação lançada pelo estaleiro Mirrari, dos Emirados Árabes Unidos

    Litoral de São Paulo e do Rio pode ter ondas de até 3 metros neste sábado (18)

    Alerta da Marinha do Brasil vale para as cidades de Santos e Campos dos Goytacazes; confira dicas de segurança em caso de ressaca marítima

    Projeto na Croácia quer criar cinco vilas ecológicas de luxo à beira mar com direito a barcos elétricos

    Ideia da eD-TEC visa redefinir o conceito de vida de luxo, oferecendo energia solar às moradias durante os 365 dias do ano

    Criança de 11 anos encontra fóssil de ictiossauro pré-histórico, o maior réptil marinho que já existiu

    Com a companhia do pai e pesquisadores, garota ajudou a desvendar a vida marinha de 200 milhões de anos atrás