Ousado e polêmico, o novo jet WaveFlyer usa motor elétrico e hidrofólios para “voar” na água

Por: Redação -
04/05/2020

Baseado no primeiro jet elétrico lançado na Austrália em 2015, o novo WaveFlyer, da australiana Eletro Nautic, não apenas é impulsionado por um motor elétrico como conjuga com a “energia limpa” um par de hidrofólios. Um casamento perfeito para uns – e estranho para outros.

Segundo Thomas Braunl, diretor da Eletro Nautic, o motor do jet é alimentado por baterias de íon-lítio, que transportam 2 kWh, com as quais é possível navegar por mais de 30 minutos, com dois passageiros a bordo.

Para quem não sabe, hidrofólios são pequenas “asas” submersas com as quais a embarcação se eleva acima da linha da água, aproveitando as leis da hidrodinâmica. A diminuição da resistência à água contra o casco permite à embarcação atingir velocidades superiores.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Carregador de baterias é destaque da Global Power Systems no Boat Show de Itajaí

    Empresa especialista em soluções de energia também exibirá gerador náutico e outros itens

    Iate Marine leva opções de cotas compartilhadas ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Sistema da empresa oferece grupos de quatro e oito cotas para quem deseja dividir os custos e uso da embarcação

    Vokan apresenta serviço de seguros náuticos no Marina Itajaí Boat Show 2024

    A corretora estará presente no evento, que acontece entre 4 e 7 de julho, em Santa Catarina

    Estofados náuticos da Agroquímica estarão no Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estande terá opções da marca Kelson's para todos os gostos no salão que acontece de 4 a 7 de julho

    Yachtmax leva Ferretti 720 ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Representante da Ferretti e Okean no Brasil estará com dois barcos no evento náutico, de 4 a 7 de julho