Menores e com wi-fi

Por: Redação -
10/04/2015

Por Marcio Dottori

Os eletrônicos da linha Dragonfly, da Raymarine, revolucionaram o setor de fishfinders com gps, na medida que nunca antes se pode adquirir um equipamento tão capaz por um preço tão acessível. Afinal, com os recursos avançados de varredura subaquática, baseados na tecnologia Chirp e Chirp Downvision (capazes de gerar imagens bem definidas do fundo abaixo do barco quase como uma câmara), junto com um navegador gps, as sondas de 5,7″ e de 7″ da linha Dragonfly ganharam duas irmãs menores. Trata-se das novas sondas Dragonfly de 4,3″ e de 5″, que vem agora com wi-fi, recurso que suas irmãs mais velhas, apesar de maiores, não têm. Soma-se a isto a opção de, no modelo menor, de 4″, adquirir o eletrônico somente com a função sonda, o que é bom para quem já tem um gps no painel e quer economizar na compra. Os preços sugeridos destes novos eletrônicos, pesquisados no mês de abril de 2015 na cidade de São Paulo, são:

Dragonfly 4DV, sonda com transdutor: R$ 1.436,60

Dragonfly 4 Pro, sonda e gps com transdutor e carta náutica C-Map MSD: R$ 2.303,18

Dragonfly 5 Pro, sonda e gps com transdutor e carta náutica C-Map MSD: R$ 3.884,98

 

Fotos: Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Megaiate apreendido vira "batata-quente" para os Estados Unidos; entenda o caso

    Governo norte-americano quer vender embarcação e alega não ter condições de pagar manutenção

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta

    Conheça o Volitan, barco voador que está próximo de se tornar realidade na Amazônia

    Criado pela startup AeroRiver, embarcação deve chegar para o transporte de cargas e pessoas na região em 2026

    Conheça a história do "Titanic dos Alpes", navio a vapor que será resgatado 90 anos após naufragar

    Embarcação foi afundada propositalmente em 1933, no Lago Constança, na Europa