Mundial de 470

Por: Redação -
13/10/2015

Dada a largada na disputa mais importante do ano para a equipe 470 VDS. Os gaúchos Geison Mendes e Gustavo Thiesen correram as seis primeiras regatas do Mundial da classe 470 em Haifa. O campeonato conta com as mais importantes duplas olímpicas da classe e para os gaúchos tem peso fundamental: pode decidir a vaga brasileira na Olimpíada do Rio de Janeiro.

Na segunda e terça foram realizadas a série classificatória de cinco regatas em ótimas condições climáticas segundo a organização. Ontem, Geison e Gustavo correram três regatas na flotilha azul, sofreram penalidade na primeira e fizeram 14º e 16º na sequência. Nesta terça, foram mais duas na flotilha amarela com a dupla velejando bem e conquistando 10º e 3º lugares. Durante as classificatórias, a equipe se manteve sempre entre os 10 primeiros da flotilha.

Agora as 60 equipes são divididas nas flotilhas ouro e prata para a série final de regatas e os dez melhores dessas correm a medal race no dia 17. Geison e Gustavo são os 20º colocados e estão na flotilha ouro. A dupla permanece confiante após os resultados positivos, de acordo com o timoneiro Geison. Veja a súmula parcial.

Conforme nota oficial da CBVela divulgada em 08 de agosto, a tripulação brasileira que ficar entre os 15 primeiros colocados no Campeonato Mundial da Classe de 2015, e se as demais tripulações brasileiras tiverem o dobro da colocação mais 1 do que a dupla melhor colocada, estará automaticamente classificada para representar o país nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Ainda pelo Brasil, corre a dupla Henrique Haddad e Bruno Bethlem que estão em 31º na flotilha prata. Participam da competição 60 equipes de 17 países: Africa do Sul, Alemanha, Argentina, Belgica, Brasil, Canadá, Chile, Dinamarca, Finlandia, Hong Kong, India, Israel, Italia, Coréia do Sul, México, Portugal e Turquia. A dupla conta com patrocínio Corsan, Banrisul Esportes e Tradener pelo Projeto Vela Olímpica/Ministério do Esporte.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares

    Ações de despoluição na Baía de Guanabara fazem vida marinha voltar às águas

    Expedições comandadas pelo Instituto Mar Urbano observaram mais animais na região e melhor qualidade da água

    Boat Show traz descontos exclusivos para hospedagem em Itajaí; conheça opções

    Parceria com dois hotéis garante conforto e condições especiais para visitantes do salão, que acontece de 4 a 7 de julho