Nadando com águas vivas

Por: Redação -
03/06/2014

As águas vivas são criaturas incríveis, mas extremamente perigosas para os humanos. Seus ferrões venenosos causam graves queimaduras na pele e este é um animal normalmente evitado por qualquer mergulhador consciente. A menos que este mergulhador esteja na ilha Eil Malk, no Palau, que fica no Oceano Pacífico. É lá que fica o Jellyfish Lake (Lago das águas vivas) onde vivem milhões de animais da espécie Mastigia, também conhecida como dourado, por sua cor.

As pequenas águas vivas migram para este lago de água salgada que se conecta ao mar através de túneis e fissuras. Não há nada de diferente nesta espécie, elas só não atacam pois não se sentem ameaçadas no lago, que não tem predadores para elas, e, assim, acabam não usando mais os ferrões. É isso que possibilita o mergulho com elas.

Apesar de ser o lar de águas vivas inofensivas, o lago oferece outro perigo, uma camada de sulfeto de hidrogênio abaixo dos 15 metros de profundidade. O sulfeto de hidrogênio é altamente tóxico e pode ser absorvido pela pele, por isso só é possível mergulhar bem perto da superfície da água.

Estima-se que atualmente dois milhões de indivíduos vivam no lago e duas vezes ao dia elas nadam pela extensão de água em busca de luz solar.

Veja o vídeo gravado por um turista desta incrível aventura:

 

Fotos e vídeo: Sarosh Jacob

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares

    Ações de despoluição na Baía de Guanabara fazem vida marinha voltar às águas

    Expedições comandadas pelo Instituto Mar Urbano observaram mais animais na região e melhor qualidade da água

    Boat Show traz descontos exclusivos para hospedagem em Itajaí; conheça opções

    Parceria com dois hotéis garante conforto e condições especiais para visitantes do salão, que acontece de 4 a 7 de julho