Sonho realizado

Por: Redação -
13/04/2015

25 anos atrás, Fernando Collor de Melo ainda não havia sido sequer eleito presidente, a moeda do Brasil era o cruzado, computadores eram quase novidades e celular tinha a ver com corpo humano, não com telefones. Pois foi há cerca de 25 anos que o então jovem casal paulistano Elfriede e Jadyr Galera, recém casados e com o sonho comum de ter uma família e um barco, começou a construir, eles mesmos, este veleiro: o Augenblick, que só recentemente ficou pronto, um quarto de século (ou quase meia vida deles…) depois. Mas, apesar disso, jamais pensaram em desistir. Porque, para eles, o Augenblick sempre foi bem mais do que um simples barco. Era um objetivo a ser alcançado e, nos últimos anos, virou, também, o principal combustível da vida de Elfriede, depois do surgimento de um câncer sem cura. Mas que agora, com o barco na água e pronto para partir, começa a dar sinais de regredir. Coincidência? Não é o que eles acham…

Leia a reportagem completa na edição deste mês de NÁUTICA Sudeste. Já nas bancas ou por meio do download da revista digital. Clique aqui e leia.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Homem nada mais de 100 metros sem respirar em lago congelado e quebra dois recordes

    Aos 52 anos, experiente nadador suíço acumula títulos e já deteve outro recorde mundial; confira

    Resorts 'no meio do nada' oferecem de natação com cavalos a plantio de recifes

    Ultraluxuosos, estabelecimentos cercados por belas águas buscam se diferenciar com passeios extravagantes; conheça 5 deles

    Búzios ganhará Centro de Desenvolvimento da Vela após parceria de ICAB e CBVela

    Parceria inédita prevê treinos das equipes jovem e principal, clínicas, uma escola de vela e projeto social para fomento do esporte na região

    Tubarão mais rápido dos oceanos é filmado no litoral de São Paulo; assista

    Conhecido como tubarão-mako, animal que pode atingir até 70 km/h foi flagrado próximo à Ilhabela

    Pinguim aparece em praia de Cabo Frio (RJ), surpreende banhistas e levanta dúvida: é normal?

    Apesar de ter sido visto navegando tranquilamente no mar transparente da região, presença do animal em águas brasileiras levantou questionamentos