Superiate a motor une luxo e pesquisa científica em um único conceito

Por: Redação -
10/03/2021

Um superiate de 61 metros (200 pés) é a mais nova embarcação de luxo projetada para pesquisas científicas. O Arctic Owl, de Steve Kozlov, é um superiate a motor produzido em estilo explorador com formato único, projetado para alcançar alguns dos lugares mais remotos do mundo.

Para atender aos requisitos, além de incluir todo o conforto possível de uma embarcação de luxo, o Arctic Owl também ganhou um submarino U-Boat Worx NEMO, utilizado tanto para as pesquisas quanto para simples explorações das mais variadas profundidades.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

Partindo desse conceito, o superiate também foi equipado com uma garagem inteira dedicada às mais variadas propostas, pensando no proprietário que queira investir nas ideias semelhantes às do submarino. Ainda possui heliponto e hangar de helicópteros, além de dois guindastes traseiros, que foram projetados para implantar e recuperar equipamentos de pesquisa, veículos terrestres e espécimes científicos.

Leia também

» Especialista na construção de barcos, Jorge Nasseh publica novo livro sobre Infusão a Vácuo

» Inspirado em um caranguejo, o catamarã-anfíbio Pagurus pode andar sobre as praias

» Tradicional estaleiro turco apresenta o projeto de seu mais novo iate de 121 pés

Feito em aço, casco de classe de gelo e superestrutura de alumínio, o superiate acomoda um total de 10 convidados em seis camarotes, além da equipe de seis tripulantes. Dois desses seis camarotes são master, com vista panorâmica.

Esses hóspedes podem escolher entre o lazer na grande piscina (situada na proa), na área de estar (equipada com uma capa dura que funciona como um toldo durante o uso), nos dois lounges adicionais (que ficam nos flybridges), no spa e na ponte para desfrutar de uma vista de quase 360 graus.

Em relação à propulsão, a embarcação é alimentada por dois motores diesel-elétricos.

Por Naíza Ximenes, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira.

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares

    Ações de despoluição na Baía de Guanabara fazem vida marinha voltar às águas

    Expedições comandadas pelo Instituto Mar Urbano observaram mais animais na região e melhor qualidade da água