Tesouro em Ilhabela

Por: Redação -
14/04/2015

Entre as muitas histórias que povoam Ilhabela, nenhuma é mais instigante do que a do tesouro do Saco do Sombrio. E nenhuma é mais verdadeira do que a obstinada procura por ele empreendida pelo engenheiro belga Paul Ferdinand Thiry. Durante 40 anos, Thiry, dono de um corpo franzino mas uma mente brilhante, pesquisou, estudou, escarafunchou a região, aplicou complexos conceitos matemáticos e viveu praticamente sozinho na inóspita mata do Saco do Sombrio em busca da solução de um enigma, que, segundo ele, levaria ao tesouro. Thiry morreu sem encontrá-lo, mas deixou um sucessor igualmente abnegado, o advogado paulista Osmar Soalheiro, entrevistado por NÁUTICA Sudeste na edição deste mês.

Leia a reportagem completa na edição deste mês de NÁUTICA Sudeste. Já nas bancas ou por meio do download da revista digital. Clique aqui e leia.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Procurando um terreno? Ilha intocada na Patagônia Chilena está à venda

    Local tem cerca de 445 km², mais de 80 lagos, a Cordilheira dos Andes de fundo e custa aproximadamente R$ 173,6 milhões

    1ª embarcação capaz de produzir seu próprio hidrogênio está prestes a finalizar volta ao mundo

    Boberto por 202 m² de painéis solares, barco percorreu quase 63.040 milhas náuticas apenas com energias renováveis

    Expedição realizada no Chile pode ter descoberto mais de 100 novas espécies marinhas

    Biólogos do Censo Marinho têm o objetivo de descobrir 100 mil novos seres do mar nos próximos 10 anos

    Casal troca apartamento para viver em veleiro com seis gatos

    Embora a rotina de manutenção do catamarã seja dura e exigente, Aline e José garante que vale a pena

    Novo submarino Tonelero será lançado ao mar no fim de março, no Rio de Janeiro

    Embarcação militar de 71,6 metros é oriunda do Programa de Desenvolvimento de Submarinos, selado entre Brasil e França