Veleiro Caiçara é destaque da primeira etapa da Copa Mitsubishi

Barco do comandante Marcos Cesar obteve mais três vitórias na Classe C30 neste fim de semana

21/03/2023
Caiçara, vencedor da classe C30 na primeira etapa da 23ª Copa Mitsubishi / Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias

No comando do veleiro Caiçara, Marcos Cesar consagrou-se vencedor da Classe C30 na primeira etapa da Copa Mitsubishi, em Ilhabela. Após disputa acirrada com o estreante Bravo ao norte do Canal de São Sebastião, o Caiçara alcançou três vitórias, contra uma do Bravo, no último final de semana.

Ao todo, foram seis vitórias de Marcos nesta etapa da competição. Ele foi campeão pela última vez em 2018, quando chegou ao tetracampeonato.

 

O Circuito Ilhabela de Vela Oceânica – 23ª Copa Mitsubishi realizou sua primeira etapa nos dias 11, 12, 18 e 19 de março.

Tripulação do Caiçara / Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias

No sábado (18), Jorge Berdasco pôde comemorar sua primeira vitória com o Bravo em uma raia que somou 26 barcos. A vitória acarretou em uma acirrada disputa na classe C30, estendida ao longo do final de semana.

Bravo no popa / Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias
“Nossa largada, muito boa, foi decisiva para vencermos a regata de sábado. O Marcelo de Jesus, ex-tripulante do C30 Kaikias, também nos ajudou muito nas regulagens do barco. A regata foi definida apenas na última manobra, no último jibe, com o Caiçara se aproximando da gente. Foi no limite”, conta Jorge Berdasco, comandante do Bravo.

Disputa entre Bravo e Caiçara na largada / Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias

Berdasco afirma ainda que o Bravo chegou ficar à frente do Caiçara, mas alguns problemas dificultaram a navegação. “A esteira da vela mestra estourou e tivemos de fazer uma gambiarra. Na segunda (regata) não largamos tão bem e contamos com a participação do Caballo Loco (atual tricampeão), o que intensificou a disputa na C30.”

Mais resultados da Copa Mitsubishi em Ilhabela

Nas demais classes da Copa Mitsubishi, a primeira etapa apresentou vitória do Xamã na ORC, após duelo equilibrado com o Phoenix. Já na BRA-RGS, Kameha Meha foi absoluto, enquanto Ginga dominou a HPE 25, seguido pelo Conquest.

 

A canoa de cerveja coroou a cerimônia de premiação da etapa, apresentada pelo diretor de Vela do Yacht Club Ilhabela (YCI) e o comandante do Phoenix, Mauro Dottori.

Próximas datas da Copa Mitsubishi em Ilhabela

A segunda das quatro etapas de 2023 da Copa Mitsubishi será nos dias 17, 18, 24 e 25 de junho, no chamado warm-up para a tradicional Semana de Vela de Ilhabela, que chegará à 50ª edição no final de julho.

 

Considerado um campeonato de regularidade, já que acontece em quatro etapas, a Copa Mitsubishi reúne as classes ORC, C30, HPE 25 e BRA-RGS, além de regatas especiais para Bico de Proa e Duplas. O evento acontece com o apoio da Mitsubishi Motors, que há mais de duas décadas apoia a modalidade.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial