Yamaha anuncia estratégias de crescimento a médio e longo prazo

Por: Redação -
14/12/2018
Foto: Divulgação

No início desta semana, a Yamaha revelou suas metas estratégicas até 2030, juntamente com um novo plano de gerenciamento de médio prazo para o período de três anos, com início em 2019. Os planos abrangem vários setores de produtos no portfólio de negócios da empresa.

No que diz respeito às empresas marítimas, os principais elementos declarados são:

  • Continuar a implantação da produção global de motores de popa;
  • Melhorar a capacidade de produção e flexibilidade;
  • Maior expansão de uma estratégia integrada de negócios marítimos;
  • Evolução contínua como fornecedor de sistemas;
  • Continuar as novas estratégias de desenvolvimento de produtos com base nas tecnologias existentes;
  • Oferecer itens e serviços atrativos;
  • Promover estratégias de sistemas marinhos dos fornecedores;
  • Concentre-se em aumentar ainda mais a confiabilidade do produto.

Nos negócios existentes de Mobilidade Terrestre, Marinha e Robótica da Yamaha, a meta da empresa é alcançar um aumento de vendas líquidas de ¥ 325 bilhões, uma vez que busca impulsionar as vendas totais do Grupo Yamaha para ¥ 2 trilhões com uma margem de lucro de 9% até 2022 (previsão para 2018: ¥ 1 650 bilhões e margem de lucro operacional de 8,7%).

A Yamaha também pretende garantir um fundo de ¥ 140 bilhões para alocar recursos para áreas de crescimento, incluindo opções de M & A durante esse período.

Como parte de sua estratégia de longo prazo, a Yamaha também se comprometeu a reduzir as emissões de CO2 de seus produtos manufaturados em 50% até o ano 2050.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?

A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial