Yamaha iniciará testes de sistema de motorização elétrica para barcos

Por: Redação -
03/08/2020

Siga o nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente: @revista_nautica

A Yamaha iniciará testes de barco elétrico com motorização dupla integrada a um sistema de controle de direção – HARMO – no dia 7 de agosto na atração turística do Canal Otaru em Hokkaido, Japão.

A marca define a HARMO como sua “plataforma de sistema de controle de última geração”, que inclui motores elétricos de aro, uma caixa de controle remoto e um joystick para operação mais intuitiva. A empresa espera oferecer o sistema como um pacote total para pessoas que procuram barcos elétricos para uso em canais, especialmente na Europa. A Yamaha vê o mercado europeu, com seus milhares de quilômetros de canais, como o principal mercado da HARMO, e a instalação de Otaru imita essas águas.

Os motores possuem design semelhante ao que foi instalado no barco RIB RS Electric Pulse 58 lançado no BOOT Dusseldorf em janeiro. Em vez de o hélice ser acionado por um eixo central, são presos ao aro do motor, o que a Yamaha prefere para esta unidade, porque um forte impulso pode ser gerado em baixas velocidades.

LEIA TAMBÉM
>> Curiosa hidromassagem flutuante permite aproveitar as águas de Amsterdã no inverno
>> Família encontra tubarão-branco durante passeio de lancha. Veja o vídeo
>> Novo projeto europeu visa implementar uso de Cannabis na construção de catamarã ecológico

O joystick e o mecanismo de direção HARMO buscam fornecer um grande ângulo de direção, para que um barco possa virar quase no local, de acordo com seus idealizadores. Para atracar, basta inclinar o joystick para mover o barco horizontalmente.

A outra razão pela qual a Yamaha está focando na Europa é a crescente restrição sobre barcos de combustíveis fósseis nas vias navegáveis ​​interiores e uma crescente conscientização ambiental geral.

Na Inglaterra, agora existem cerca de 10 mil pessoas, em Londres, que usam barcos de canal como suas principais residências. Amsterdã tem uma determinação que o tráfego de barcos comerciais será elétrico até 2025, e a Agenda 2028 de Veneza é uma petição para que Veneza adote regras semelhantes.

Todos os benefícios do sistema HARMO prometem acompanhar as vantagens usuais dos motores elétricos de barcos: vibração e ruído significativamente mais baixos e zero fumaça tóxica e com mau cheiro.

 

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Público do Rio Boat Show 2024 tem desconto exclusivo em hotel oficial

    Bem localizado, Novotel Leme oferece condições especiais para visitantes do salão náutico mais charmoso da América Latina

    Visita de mergulhador a restos de baleia vence concurso de fotos subaquáticas do mundo; veja imagens

    Competição de fotos de dentro do mar acontece anualmente e conta com diversas categorias

    Filmagem de primeiras ondas de tsunami na Tailândia viraliza 20 anos após desastre

    De férias no local, homem filmou, sem saber, o início do fenômeno de 2004; assista ao vídeo

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show do ano 2000

    Terceira edição do evento teve de lancha sendo construída ao vivo a tanque de mergulho de 5 m de profundidade

    Com propulsão eólica, Airbus terá frotas marítimas contra emissões de dióxido de carbono

    Gigante da indústria aeroespacial terá velas rotativas e motores biocombustíveis; entenda