75 pés

04/05/2016

O estaleiro inglês Princess Yachts divulgou um vídeo da sua embarcação de 75 pés, lançada durante o London Boat Show 2016, em janeiro. Com 22 metros, o modelo possui design exterior elegante e é descrito pela marca como eficiente e ágil. Seu casco foi projetado para cortar bem as ondas e, com opção de três motores, ela poderá alcançar uma velocidade de até 35 nós.

Princess 75 tem flybridge com vista panorâmica, assento em forma de U com mesa de jantar, solário e bar, oferecendo bastante relaxamento durante a navegação. Seu convés principal conta com boa iluminação natural, e painéis de vidro separam a cozinha e a sala de estar. Três suítes de hóspedes ficam localizadas no convés inferior, a suíte do proprietário fica à meia-nau, com um hall de entrada privado e, ainda, closet, banheiro e televisão de 46 polegadas com sistema de entretenimento.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Homem nada mais de 100 metros sem respirar em lago congelado e quebra dois recordes

    Aos 52 anos, experiente nadador suíço acumula títulos e já deteve outro recorde mundial; confira

    Resorts 'no meio do nada' oferecem de natação com cavalos a plantio de recifes

    Ultraluxuosos, estabelecimentos cercados por belas águas buscam se diferenciar com passeios extravagantes; conheça 5 deles

    Búzios ganhará Centro de Desenvolvimento da Vela após parceria de ICAB e CBVela

    Parceria inédita prevê treinos das equipes jovem e principal, clínicas, uma escola de vela e projeto social para fomento do esporte na região

    Tubarão mais rápido dos oceanos é filmado no litoral de São Paulo; assista

    Conhecido como tubarão-mako, animal que pode atingir até 70 km/h foi flagrado próximo à Ilhabela

    Pinguim aparece em praia de Cabo Frio (RJ), surpreende banhistas e levanta dúvida: é normal?

    Apesar de ter sido visto navegando tranquilamente no mar transparente da região, presença do animal em águas brasileiras levantou questionamentos