Lanchas elétricas terão campeonato mundial em 2023

Por: Redação -
10/06/2021

A Electric Sea Racing Limited (E1 Series – versão do mar da Formula E e da Extreme E) e o PIF (o Fundo de Investimento Público) selaram parceria e anunciaram campeonato mundial de lanchas elétricas em 2023. A novidade veio no mesmo dia do lançamento do novo design da lancha elétrica RaceBird.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

RaceBird conta com design completamente novo e foi co-criado por Horne e Acampora após um extenso processo de validação. A inspiração veio da natureza e dos pássaros voando baixo sobre a água. O modelo possui um motor de popa, capota fechada para segurança e tecnologia de hidrofólio, que permitirá aos barcos subirem acima da superfície da água, visando arrasto mínimo e máxima eficiência energética.

Leia também

» Projeto de conservação marinha visa combater as mudanças climáticas

» Confira 4 dicas infalíveis antes de comprar o seu barco inflável

» NÁUTICA lança programa ao vivo semanal Loucos Por Barcos

Ser levantado acima das ondas não só melhora o desempenho, mas também promove uma corrida disputada e competitiva com uma esteira reduzida ao seguir um oponente. “Eles conseguiram desenvolver uma lancha inovadora com um design atraente e baseada em soluções práticas prontas para competir. Em breve, também anunciaremos nossos parceiros de trem de força e eletrônicos; estamos dentro do cronograma para entrar na água em breve”, contou Rodi Basso, cofundador e CEO da E1.

RaceBird foi pensadp para regatas e promete velocidades de até 50 nós com os pilotos demonstrando suas habilidades em circuitos estreitos e técnicos localizados perto da costa, no coração de áreas urbanas. Com o projeto agora validado, o RaceBird entrou na fase de produção com os engenheiros especialistas da Victory Marine concentrando seus esforços e recursos nos próximos meses na fabricação de uma frota completa de lanchas elétricas prontas para competições.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Peixe-lua encontrado em praia dos EUA pode ser o maior já registrado na história

    Espécie rara de 2,2 metros foi encontrada já sem vida na cidade de Gearhart, no estado de Oregon

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares