Catamarã polonês de luxo é alimentado por 200 m² de painéis solares

31/01/2022

Descrito pela Sunreef como “o catamarã de luxo sustentável mais avançado do mundo”, o Sunreef 80 Eco tem na energia renovável seu principal ponto de destaque, sendo um catamarã totalmente elétrico, autônomo, que usa tecnologia “verde” para cruzeiros sem combustível.

A embarcação de 23, 8 metros de comprimento conta com sistema de energia composto por painéis solares ultraleves integrados em compostos nas laterais do casco, superestrutura e teto bimini. Utilizando tecnologia moderna, o sistema fotovoltaico cobre até 200m² e pode fornecer até 40 kWp.

O catamarã elétrico é equipado com um banco de baterias ultraleve de última geração que promete ser 30% mais leve que as baterias médias usadas na indústria náutica, com densidade inferior a 5,2 kg / kWh para maior eficiência de peso e desempenho.

O Sunreef 80 Eco totalmente elétrico promete cruzeiro silencioso e alcance infinito com motores elétricos (2 x 180 kW – 2 x 360 kW) alimentados pelo banco de baterias dedicado (360kW – 640kW). A energia obtida será utilizada para alimentar tanto a propulsão quanto os eletrodomésticos.

Os recursos sustentáveis a bordo incluem um sistema de ar condicionado alimentado por corrente contínua, um sistema de purificação e produção de água para gerar água potável, uma pintura de fundo não tóxica e estruturas compostas naturais.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial

    Schaefer Yachts anuncia barco que não afunda, ideal para resgates em alto-mar

    Com o nome de Interceptor 48 Pilot, novidade é fruto de parceria com a empresa irlandesa Safehaven Marine

    Criatura de 18 metros está impactando a cadeia alimentar da vida marinha; entenda

    Gelatinoso e transparente, os "picles do mares" causam perturbações no ecossistema durante as ondas de calor oceânicas e preocupam cientistas

    Minas Gerais ganhará bar flutuante de vinhos na Represa do Funil

    Com o nome de Almas Gerais, iniciativa tem previsão de entrega em julho de 2024 e faz parte do milionário projeto Enovila