Com traços delicados, pintora retrata a suavidade do mar e dos barcos a vela

Artista francesa usa a aquarela para revelar a força e a suavidade do mar e do universo da vela

Por: Redação -
25/12/2022

Formada em Economia, a francesa Louise Neutrino é artista por vocação. Embora sonhe em pintar cada vez mais, ela divide o seu tempo entre as aquarelas e seu trabalho na área de TI.

Louise acabou de se mudar de Nantes, cidade às margens do rio Loire, na região da Alta Bretanha, oeste da França, para a costa sul da Bretanha, perto do mar, de onde vem sua família.

Ela mostra habilidade pelo desenho desde criança e fez vários cursos para aprimorar sua arte e aprender novas técnicas, mas é na aquarela mesmo — técnica que surgiu na China, há 2 mil anos —que Louise encontrou o caminho para expressar a suavidade que vê em um barco velejando ou a força de um kite vencendo as ondas.

Pinto apenas com aquarela, o que me permite variar o quanto preciso de suavidade e força, e oferece muitas possibilidades, mas nem sempre é fácil de controlar – Louise Neutrino

 

Sua pintura minimalista, que só expressa os traços necessários, parecem fluir naturalmente, como se levados pela correnteza, dando uma aparência quase abstrata às obras.

As formas e as emoções da vela estão ali, no papel, reveladas por meio da luz e das cores, em pinceladas precisas.

 

 

Ela não é velejadora nem surfista — “mas adoro estar em qualquer barco, a qualquer hora” — e, curiosamente só pinta veleiros, windsurfe e kitesurf: “Sou intensamente atraída pelo oceano e por todos os veleiros. Eles significam design e elegância para mim. Sinto que herdei essa paixão do meu avô, que era um bom construtor naval”.

Geralmente Louise faz muitos esboços antes de capturar a forma específica de cada veleiro e gerar uma interpretação que lhe dê personalidade. “Nas minhas pinturas, quero que os barcos ou windsurfe ou kite sejam, ao mesmo tempo, realistas, mas com um sentimento poético, como se saíssem de um sonho colorido e alegre”.

 

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Saiba como seu barco pode ajudar moradores do Rio Grande do Sul

    Grupo Náutica uniu forças com a CUFA para apoiar o estado atingido por enchentes; instituição busca pequenos barcos para o transporte de doações

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada