Cozinhar a bordo: 17 dicas para facilitar suas refeições dentro do barco

Viver a bordo tem lá suas peculiaridades, inclusive no modo de preparar sua comida. NÁUTICA te ajuda com o assunto

Por: Redação -
02/01/2023

Cozinhar no barco é muito diferente de cozinhar em casa. Em primeiro lugar, tudo é menor, incluindo fogão, geladeira (caso tenha), pia, armários para mantimentos e até mesmo a lixeira.

Além disso, a água e a eletricidade podem ser limitados, porque um barco longe do cais é uma plataforma autossustentável e ficar sem combustível para cozinhar no meio de uma refeição pode significar que não há refeição.

 

Pensando nisso, NÁUTICA separou algumas das melhores dicas para te ajudar a cozinhar e comer bem a bordo. Confira:

17 dicas para cozinhar no barco

Para cozinhar a bordo não é preciso ter uma lancha com gerador. Basta ter um fogareiro de acampamento — e tem quem prefira cozinhar num fogareiro a gás do que em um fogão por indução;

 

Planejamento com antecedência é fundamental. Um barco longe do cais significa que você não pode simplesmente correr até a loja para pegar itens esquecidos;

 

Além disso, você precisará verificar quanto espaço você tem para guardar os mantimentos, especialmente se eles precisarem ser refrigerados;

Os menus escritos irão ajudá-lo a incorporar as sobras de uma refeição em partes de outra, economizando tempo, espaço e ingredientes;

 

Se várias pessoas estiverem cozinhando, é melhor ter um apontador que faça uma lista do que comprar, ou haverá muito para levar a bordo, guardar e sobras;

 

Em uma viagem longa, gaste alimentos que estragam rapidamente, deixando itens mais duradouros para serem usados ​​posteriormente;

 

Prepare refeições com antecedência. Uma maneira de comer melhor em um barco é fazer alguns itens mais complexos em casa e congelá-los para usar mais tarde. Guisados, massas e até sobremesas podem ser feitos em casa. Isso resgata o cozinheiro de um tempo prolongado na cozinha, economiza água ao fazer os pratos e limita o número necessário de ingredientes separados, como temperos;

Outra dica é controlar o espaço. Não só as cozinhas são pequenas com espaço limitado no balcão, mas um barco em movimento e uma faca afiada podem ser uma combinação assustadora;

 

Experimente mover a tábua de corte para a mesa de jantar ou na cabine e deixe o cozinheiro da preparação sentado com segurança e fora do caminho do chef;

 

Lave os pratos enquanto cozinha, porque as pias dos barcos não aguentam muito;

 

Cozinhe em etapas, porque várias panelas grandes e fogões para barcos pequenos não são compatíveis. Você pode reaquecer rapidamente antes de servir;

 

Retire todos os ingredientes da geladeira juntos ou em lotes. Quanto mais você abrir a geladeira, mais energia da bateria será necessária para esfriá-la novamente;

Coloque os itens que você usará primeiro em cima e combine itens como carnes frias ou potes de iogurte em uma sacola para que itens individuais não desapareçam no fundo de uma geladeira;

 

Não é recomendado também economizar nas ferramentas adequadas, mas não espere ter todo o equipamento de casa, como um liquidificador, batedeira ou micro-ondas;

 

Invista em algumas facas boas e uma tábua de corte que não seja de madeira, porque os barcos são famosos por cultivar mofo e bactérias. Ferramentas de silicone dobráveis funcionam bem em armários de barco apertados, assim como tigelas e potes com alças removíveis;

 

Para cozinheiros que tendem a ficar enjoados, passar horas em uma cozinha balançando não será divertido, então considere dividir as tarefas com outras pessoas;

 

Do lado positivo, a comida tende a ter um gosto melhor no mar, então até refeições simples serão apreciadas e jantar ao ar livre sob as estrelas significa que você criará um ambiente perfeito com pouco trabalho além de acender um par de velas elétricas.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Professor larga tudo para dar volta ao mundo em veleiro de 8 metros

    Pelas redes sociais, Luke Hartley compartilha suas aventuras a bordo de uma 27 pés de 1976

    Mestra Boats exibirá grandes sucessos de 29 a 35 pés no Brasília Boat Show

    Estaleiro disponibilizará aos visitantes do evento náutico a Mestra 352 HT, seu maior modelo, e outros dois barcos bem resolvidos; confira

    No século 17, maior navio do mundo foi construído no Brasil e batizou o Aeroporto do Galeão

    Embarcação de guerra foi construída a pedido da coroa portuguesa, que buscava recuperar terras perdidas para a Espanha

    Ventura atracará com lanchas, pontoons e jets na estreia do Brasília Boat Show

    Conhecido pela variedade de produtos, estaleiro mineiro estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto

    6 ótimos motivos para você visitar o Brasília Boat Show

    O maior evento náutico do Centro-Oeste acontecerá de 14 a 18 de agosto, no Lago Paranoá