Domínio Chinês

Por: Redação -
08/02/2015

O Dongfeng Race Team fez história mais uma vez, levando a bandeira chinesa ao lugar mais alto do pódio. Neste sábado (7), o barco vermelho venceu a Regata Local ou In-port Race de Sanya, na China. Pela primeira vez, uma equipe do país asiático venceu uma prova. Eles já haviam vencido a última etapa, fato ainda inédito. “Dongfeng significa o vento do leste – em chinês – e hoje o vento soprava na mesma direção. Tivemos sorte na China”, disse o comandante Charles Caudrelier, que lidera o barco com chineses, suecos, franceses e um australiano.

Mesmo não valendo pontos para o campeonato – só em critérios de desempate – o resultado nessa prova consolida o bom momento da equipe na Volvo Ocean Race e dá moral para a tripulação visando a quarta etapa da competição, que começa neste domingo (8). A flotilha parte de Sanya para a neozelandesa Auckland.

O Dongfeng completou a prova em 54 minutos e 29 segundos. Menos de um minuto depois, o Abu Dhabi Ocean Racing cruzou a linha de chegada. Os árabes lideram provisoriamente o campeonato paralelo das regatas locais. Na sequência ficaram Team Alvimedica, Team Brunel, Team SCA e Mapfre.

O brasileiro André ‘Bochecha’ Fonseca correu de timoneiro na In-port Race. Por causa de uma manobra irregular, o barco espanhol teve de pagar uma punição. Bochecha explica o motivo: “Eu acabei fazendo uma manobra rápida e o barco virou muito rapidamente, prejudicando o adversário. Fomos penalizados e tivemos de fazer um 360 antes da largada. Até conseguimos recuperar um pouco, mas não era nosso dia. Felizmente não perdemos pontos, mas não estamos contentes”.

A vitória na In-port Race de Sanya foi bastante comemorada, pois outros barcos, como Team Alvimedica e Abu Dhabi Ocean Racing, se revezaram na liderança. Outro fato chama a atenção: o Dongfeng trocou meio time para a quarta etapa.

Os chineses Chen Jin Hao ‘Horace’ e Yang Jiru ‘Wolf’ ganham uma nova oportunidade para a próxima fase até Auckland, Nova Zelândia. O navegador Pascal Bidégorry dá lugar ao compatriota francês Erwan Israel e o sueco Martin Strömberg sai para a entrada do jovem australiano Jack Bouttell.

A In-port Race de Sanya teve média de 11 nós e percurso de 7.2 milhas náuticas de distância.

Fotos: Victor Fraile / Volvo Ocean Race

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Público do Rio Boat Show 2024 tem desconto exclusivo em hotel oficial

    Bem localizado, Novotel Leme oferece condições especiais para visitantes do maior salão náutico da América Latina

    Visita de mergulhador a restos de baleia vence concurso de fotos subaquáticas do mundo; veja imagens

    Competição de fotos de dentro do mar acontece anualmente e conta com diversas categorias

    Filmagem de primeiras ondas de tsunami na Tailândia viraliza 20 anos após desastre

    De férias no local, homem filmou, sem saber, o início do fenômeno de 2004; assista ao vídeo

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show do ano 2000

    Terceira edição do evento teve de lancha sendo construída ao vivo a tanque de mergulho de 5 m de profundidade

    Com propulsão eólica, Airbus terá frotas marítimas contra emissões de dióxido de carbono

    Gigante da indústria aeroespacial terá velas rotativas e motores biocombustíveis; entenda