Primeiro ferryboat português 100% elétrico promete reduzir emissão de CO2 em 300 toneladas

Por: Redação -
31/03/2021
Imagem: Reprodução

O primeiro ferryboat português 100% elétrico, com zero emissões de CO2 a navegar em Portugal, já tem data para estrear. Com construção prevista para iniciar no terceiro trimestre de 2021, o barco deve estar pronto no final de 2022.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

Além disso, esta é a primeira embarcação elétrica feita no país e construída por marcas nacionais. Um investimento de sete milhões de euros feito em parceria pelos estaleiros Navaltagus e Navalrocha, ambos portugueses.

O novo ferryboat 100% elétrico vai reduzir a emissão de 300 toneladas de CO2 quando comparado com o modelo atual, ao mesmo tempo que irá reduzir em cerca de 30% o consumo energético. Desse modo, essa embarcação irá atuar na cidade de Aveiro e irá substituir um outro ferryboat que ali atuava há mais de 60 anos.

Leia mais:

>> 500 km de caiaque pelo litoral: amigos enfrentam o mar entre o Paraná e Ilhabela a remo

>> Renomada marca de carros elétricos entra no mercado de iates com modelo de 130 pés

>> 100 anos de história: estaleiro português constrói tradicionais barcos rabelos à mão

Em comparação, esse barco tem capacidade para transportar mais do dobro de passageiros que o ferryboat atual. São 260 contra 112 passageiros, o que corresponde a um aumento de 132%, além de ter mais espaço para automóveis, 19 contra 12.

Além de um melhor desempenho técnico e prático, essa inovação representa um futuro mais sustentável em Portugal.

Por Gustavo Baldassare sob supervisão da jornalista Maristella Pereira

Gostou desse artigo? Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações para ser avisado sobre novos vídeos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares

    Ações de despoluição na Baía de Guanabara fazem vida marinha voltar às águas

    Expedições comandadas pelo Instituto Mar Urbano observaram mais animais na região e melhor qualidade da água