Azimut Yachts é o primeiro cliente europeu a testar novo sistema de ancoragem assistida da Volvo Penta

Por: Redação -
25/03/2021
Azimut Atlantis 45 - Imagem: Reprodução

No dia 18 de março, a Volvo Penta apresentou, virtualmente, sua nova tecnologia de ancoragem assistida para a indústria naval. Ela permite aos capitães compensar o vento e a corrente, bem como manobrar em espaços apertados. Tal inovação representa grande evolução para Volvo Penta, que oferece aos clientes uma atracação mais fácil do que nunca, de acordo com a marca.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

A Azimut Yachts foi o primeiro cliente europeu da Volvo Penta a testar a nova tecnologia. Sendo assim, as duas empresas trabalharam juntas para instalar a nova tecnologia de ancoragem assistida em um Azimut Atlantis 45, e o sistema foi testado pela equipe da Azimut, na Flórida, logo depois do lançamento.

Leia mais:

>> Músico improvisa palco flutuante e planeja turnê aquática pela Europa

>> Cooperativa tenta reviver a tradição de construir barcos de madeira na Nova Escócia, no Canadá

>> Sem passeio de gôndola: canais de Veneza secam devido à falta de chuvas e maré baixa

“Fiquei maravilhado com o sistema de Ancoragem Assistida”, disse Federico Ferrante, Presidente da Azimut. E não era para menos, afinal, o estaleiro italiano possui programas de inovação específicos e em constante evolução, aliado com a ideia da Volvo Penta.

O sistema de ancoragem assistida será introduzido gradualmente, a partir do segundo semestre de 2021. Ele estará disponível para instalação em novos modelos de barco, como uma opção atualizável para iates a motor equipados com Volvo Penta IPS de 35 a 120 pés. Além disso, o sistema será vendido diretamente aos fabricantes de equipamentos originais.

Por Gustavo Baldassare sob supervisão da jornalista Maristella Pereira

Gostou desse artigo? Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações para ser avisado sobre novos vídeos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares

    Ações de despoluição na Baía de Guanabara fazem vida marinha voltar às águas

    Expedições comandadas pelo Instituto Mar Urbano observaram mais animais na região e melhor qualidade da água