Rio de Nova York vai ganhar piscina em formato de +, capaz de filtrar a água ao seu redor

Sem produtos químicos, sistema purificará centenas de milhares de galões de água por dia

13/01/2024
Foto: Divulgação +POOL / Family New York & Playlab, Inc

Grandes metrópoles como Nova York — ou a própria São Paulo — são conhecidas por seus rios poluídos. Mas e se fosse possível nadar nesses locais? Essa é a proposta da piscina flutuante +Pool, que, em breve, ganhará as águas do East River, na maior cidade dos Estados Unidos.

Projetada pelos estúdios PlayLab Inc e Family, a +Pool é uma piscina com formato do sinal de mais (daí seu nome). A novidade terá tecnologia capaz de filtrar os poluentes da água ao seu redor sem a utilização de produtos químicos, fornecendo, assim, lazer aquático publicamente acessível para os nova-iorquinos.

Foto: Divulgação +POOL / Family New York & Playlab, Inc / Luxigon

Com mais de 2.700 metros, os quatro pontos do formato de cruz da piscina serão adaptáveis, podendo ser reconfigurados para diversas atividades, como natação, esportes aquáticos e atividades infantis.

Foto: Divulgação +POOL / Family New York & Playlab, Inc

O projeto recebeu US$ 16 milhões em investimentos (R$ 12 milhões do estado de Nova York e US$ 4 milhões da cidade), cerca de R$ 78 milhões de acordo com a conversão de janeiro de 2024. A previsão é abrir ao público em 2025, sendo que a construção da piscina começa ainda em 2024, no verão do país — entre junho e agosto.

A +Pool e seu sistema de filtragem exclusivo fornecerão acesso às nossas águas e atenderão aos novos regulamentos definidos pelo governo– equipe da +Pool em comunicado

A empresa responsável pela piscina ainda afirmou que “a demonstração pública do sistema neste verão fornecerá ao Estado de Nova York e à +Pool os dados finais necessários para garantir licenças e dar luz verde à conclusão da instalação da piscina.”


Como funciona o sistema de filtragem da +Pool

Para que a água do rio fique dentro de um “padrão microbiológico aceitável” para natação, o sistema de filtragem criado pela +Pool usa um software de modelagem de qualidade da água da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (US EPA).

Foto: Divulgação +POOL / Family New York & Playlab, Inc

Com o sistema, será possível, de acordo com a empresa, limpar 1.000.000 de galões americanos de água por dia (cerca de 3,7 milhões de litros), através das paredes sem produtos químicos ou aditivos da piscina flutuante.

 

A ideia é que outras partes do estado de Nova York ganhem uma versão da piscina com o tempo, como Buffalo, Newburgh, Rochester e outros locais.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sino de navio americano naufragado durante a Primeira Guerra Mundial é encontrado na Inglaterra

    Embarcação naufragou após ser atingida por submarino alemão; objeto será exposto no Museu da Marinha americana

    Com método inovador, jovem inventor quer acabar com plásticos no mar

    Irlandês criou equipamento para monitorar poluição aos 12 anos e foi premiado pelo Google aos 18; conheça

    Procurando um terreno? Ilha intocada na Patagônia Chilena está à venda

    Local tem cerca de 445 km², mais de 80 lagos, a Cordilheira dos Andes de fundo e custa aproximadamente R$ 173,6 milhões

    1ª embarcação capaz de produzir seu próprio hidrogênio está prestes a finalizar volta ao mundo

    Barco percorreu mais de 63 mil milhas náuticas só com energias renováveis

    Expedição realizada no Chile pode ter descoberto mais de 100 novas espécies marinhas

    Biólogos do Censo Marinho têm o objetivo de descobrir 100 mil novos seres do mar nos próximos 10 anos