Onda de calor segue até o fim do verão: saiba como se prevenir em passeios de barco ou exposição ao sol

De acordo com o Climatempo, termômetros devem ficar de 3°C a 5°C acima da média até o dia 20

14/03/2024

Você já deve ter reparado que, nos últimos dias, um calor avassalador tem atingido várias regiões do Brasil. De acordo com o Climatempo, as altas temperaturas devem seguir até o fim do verão, no dia 20 de março. Portanto, se a ideia for aproveitar os dias de sol em um barco, na praia, parques ou piscinas, fique atento e saiba como se prevenir!

Ainda segundo o serviço de meteorologia, entre os dias 16 e 20 de março a área mais impactada pelo calorão será o Sudeste, atingindo todos os estados da região, além do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

Uma onda de calor é caracterizada por um período de temperaturas excessivamente altas. Nesse tempo, o calor intenso que se repete por dias seguidos pode causar problemas de desidratação, insolação e até o agravo de condições de saúde. Segundo a OMS, “a exposição ao calor excessivo tem impactos fisiológicos abrangentes para todos os seres humanos.”


A equipe de NÁUTICA, com informações do Ministério da Saúde e do dermatologista Renato Esper Saliba, preparou dicas valiosas para você curtir os dias de sol sem prejudicar sua saúde. Confira, a seguir.

Como se proteger da onda de calor

Cuidados durante a exposição ao sol

  • Aplique filtro solar meia hora antes da exposição solar e faça a reposição do produto a cada 2 horas;
  • Normalmente, recomenda-se fator de proteção acima de 30, de acordo com o seu tipo de pele;
  • Evite o contato direto com o sol entre as 11 e 16 horas;
  • Use roupas claras, leves e frescas;
  • Proteja-se com chapéus e óculos escuros;

Alimentação e hidratação

  • Hidrate-se mesmo sem sede. Além da água, sucos naturais e água de coco podem ajudar;
  • Em ondas de calor, é recomendado ultrapassar o mínimo de 2L de água por dia;
  • Evite álcool, cafeína e bebidas açucaradas;
  • Faça refeições leves, ricas em alimentos frescos, frutas e verduras, que ajudam na hidratação do corpo;

Se for passear de barco, entrar no mar ou piscina

  • Use a abuse dos acessórios como bonés, chapéus e óculos de sol. Além de te proteger, eles vão te ajudar a incrementar aquela foto do passeio para postar nas redes!
  • Durante os passeios, a hidratação segue sendo bem-vinda! Vá além das bebidas alcoólicas e leve sua garrafinha de água. Para combinar com o ambiente, a água de coco pode ser um boa opção;
  • Após alguma dessas atividades, é recomendado um banho rápido e morno, de preferência com sabonete a base de glicerina, para evitar o ressecamento da pele;
  • Utilize hidratantes corporais: o uso pós-banho mantém a pele macia e hidratada. Eles podem, também, relaxar e acalmar a pele, de acordo com a fragrância escolhida;

 

Hidrate-se e previna-se! O aumento da temperatura pode ter muitos efeitos prejudiciais à saúde, como insolação, desmaios, desidratação e doenças de pele, além de também poder afetar o funcionamento do corpo, causando, inclusive, cãibras.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial