Marinha do Brasil avança no plano para construção do primeiro submarino nuclear

Por: Redação -
17/12/2021

A Marinha do Brasil está avançando em seu projeto para construir o primeiro submarino de propulsão nuclear do país. A Primeira Licença Parcial de Construção (LPC1) já foi assinada pela sua Diretoria Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico, o que permite contratar a construção do casco do submarino nas instalações que ficam em Itaguaí, no sul do Rio de Janeiro.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

O projeto da Marinha, que vem desde os anos 1970, prevê a construção de um submarino de propulsão nuclear, com armas convencionais. O reator é desenvolvido há 40 anos no Centro Industrial Nuclear de Aramar, no interior de São Paulo. Já o estaleiro e a fábrica do Prosub (Programa de Desenvolvimento de Submarinos) em Itaguaí foram viabilizados no segundo mandato de Lula como presidente, em 2008, quando firmou um acordo de transferência de tecnologia com a França.

Nesse acordo está prevista a entrega de quatro submarinos com propulsão diesel-elétrica, antes da conclusão do nuclear, cujo planejamento adiado por várias vezes aponta a finalização para 2031.

Leia também

» Cidade flutuante sul-coreana tem início de obras previsto para o próximo ano

» Megaiate de luxo é vendido por R$ 3,6 milhões. Com um porém: o modelo é digital, criado para universo virtual

» São Paulo Boat Show 2020, na Raia da USP, conquista Oscar dos Eventos

Em relação aos submarinos convencionais, o primeiro é o Riachuelo (S40), que foi lançado ao mar em dezembro de 2018 e tem previsão de entrar em operação normal no primeiro trimestre do próximo ano. Também já se encontra em fase de testes o segundo submarino dessa classe, o Tonelero (S41), lançado em dezembro do ano passado.

O propósito da frota de submarinos construídos pela Marinha em Itaguaí é atuar na proteção do mar territorial brasileiro, chamado de Amazônia Azul, área que corresponde a um terço do território do país.

Você quer ver sua marca dentro das plataformas NÁUTICA? Saiba como anunciar!

A Marinha do Brasil já manifestou o interesse na construção de quatro submarinos com propulsão nuclear. O contrato atual com o governo francês prevê a construção do primeiro, cujo projeto básico foi aprovado em novembro de 2020.

A armadora francesa Naval Group foi contratada pela Marinha para atuar em todas as etapas do programa Prosub (os submarinos convencionais, a base naval e os aspectos não nucleares do primeiro submarino com propulsão nuclear).

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial