Malibu 16 Sport, da Levefort, une muito bem pesca e passeio. Confira

26/12/2017

Era uma vez uma lancha chamada Marajó 16. Construída nos anos 1980 pelo estaleiro Levefort, especializado em cascos de alumínio, era a preferida de quem procurava uma lanchinha para pescar em rios e águas abrigadas — mas também era usada para passeios, levando até sete pessoas no casco de 4,9 metros de comprimento, ou 16 pés. Além de ter um preço acessível, era muito versátil, sendo usada para passear, esquiar, pescar, mergulhar e até em atividades profissionais. Também podia ser impulsionada por motores de popa de baixa potência. Até mesmo um 25 hp dava conta do recado, o que tornava o seu custo final muito atraente. Com o passar dos anos, essa série serviu de base para o estaleiro lançar outras lanchas semelhantes. Surgiu assim a linha Malibu, que, junto com as lanchas da série Marfim, levaram a Levefort a superar a marca das 50 mil unidades produzidas, um número e tanto para a realidade brasileira.

Outras lanchas, de outros estaleiros, mas feitas de fibra de vidro, foram objetos de desejo nos anos seguintes. Uma delas foi a Bayliner 16, produzida em Manaus nos anos 1990, sob licença do grande estaleiro americano de mesmo nome. Embora lançados em períodos diferentes, estes dois barcos fazem parte da história náutica brasileira. Por isso, ainda hoje, uma de alumínio outra de fibra, servem de inspiração para muitos projetistas quando se trata de uma lancha na faixa dos cinco metros de comprimento. Não por acaso, o Fórum Náutico Paulista, formado por integrantes do governo e da iniciativa privada, como NÁUTICA, unidos em prol do desenvolvimento do setor náutico no estado, tomou como referência a Bayliner 16 para lançar as bases do programa Meu Primeiro Barco em São Paulo (MPB/SP), para atrair novos navegadores, tendo como apelo principal o preço atraente, como esta Malibu 16 Sport, a primeira de outras que farão parte programa.

Tudo sobre o modelo está na edição do mês de Náutica, disponível nas principais bancas e livrarias do país, na loja online e, também, na versão digital.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Minas Gerais ganhará bar flutuante de vinhos na Represa do Funil

    Com o nome de Almas Gerais, iniciativa tem previsão de entrega em julho de 2024 e faz parte do milionário projeto Enovila

    Fotógrafo captura cena impressionante de jubarte atravessando raias: “muito emocionado”

    Imagens que encantaram as redes mostram baleia atravessando enorme cardume de espécie ameaçada de extinção

    Cientistas descobrem que baleias beluga podem se comunicar movimentando a cabeça; assista

    Conclusão veio com o estudo de animais em cativeiro; pesquisadores registraram 5 movimentos diferentes

    Casa de vidro sobre as águas no Texas está à venda por quase R$ 30 milhões; conheça

    Residência fica na cidade de Round Top, cujo último senso registrou população de 91 habitantes

    E-combustíveis para o setor marítimo podem gerar 4 milhões de empregos, diz pesquisa

    Estudo foi encomendado pelo Fórum Marítimo Global e indica que as vagas serão abertas até 2050