Brasileirou

Por: Redação -
20/10/2015

O Veleiros do Sul deu início nesta segunda-feira ao Campeonato Centro Sul-americano de Laser em Porto Alegre. A classe Laser Radial, primeira a competir, realizou duas regatas nesta tarde e os brasileiros foram o destaque do dia de abertura. Na classificação geral, quem lidera é o catarinense Alex Veeren, do Iate Clube de Santa Catarina, após vencer as duas primeiras disputas. Em segundo lugar ficou o gaúcho Philipp Grochtmann do Veleiros do Sul com o paulista Martin Lowy na terceira colocação.

A instabilidade do tempo em Porto Alegre deu uma trégua neste primeiro dia. Apesar da forte correnteza do Guaíba, que por estes dias está bem acima do seu nível de normalidade com a cheia, o clima não causou probelmas para os velejadores e nem à comissão de regatas, que conseguiram concluir com sucesso as duas regatas programadas. A primeira disputa teve vento mais fraco, de 6 a 8 nós, que de tão inconstante no início, obrigou a comissão a alterar o percurso de barlasota para trapezoidal. Em razão do grande número de competidores, as flotilhas foram divididas nas cores amarelo e azul. A largada da flotilha amarela ocorreu às 14h21min, com a azul largando 20 minutos depois, após uma chamada geral. A segunda regata também teve percurso trapezoidal. O vento firmou na direção sul e ficou mais forte, com cerca de 15 nós, garantindo uma regata rápida para as duas flotilhas, que concluíram as disputas às 17h51min.

Em ambas as regatas o catarinense Alex Veeren chegou na frente, arrancando com vantagem no campeonato com dois pontos perdidos. Philipp Grochtmann (3º+2º) lugares e é o segundo com 5 pontos, enquanto Martin Lowy (2º+6º) vem em terceiro. Já na disputa feminina, Odile Ginaid largou na frente com 10 pontos, seguida de perto pela guatemalteca Andrea Aldana que vem com 11 pontos perdidos. A venezuelana Daniela Rivera é a terceira colocada com 13 pontos.

Para esta terça-feira estão previstas mais duas regatas. Confira aqui a classificação provisória. Nesta primeira etapa, na classe Laser Radial, competem 85 velejadores vindos da Argentina, Bermudas, Brasil, Chile, Equador, Guatemala, Peru, Paraguai, Uruguai e Venezuela. O Campeonato Centro Sul-Americano de Laser conta com a participação de cerca de 165 atletas das Américas do Sul, Central e do Caribe e tem apoio JIma, Equinautic e ITrax Composites.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares

    Ações de despoluição na Baía de Guanabara fazem vida marinha voltar às águas

    Expedições comandadas pelo Instituto Mar Urbano observaram mais animais na região e melhor qualidade da água