Ciência Cidadã

05/10/2016

O mergulhador Guilherme Tebecherani é presença confirmada no PADI Dive Festival 2016, que acontece simultaneamente ao São Paulo Boat Show. No sábado, dia 8, Tebecherani ministrará um bate-papo sobre “Mergulho consciente, avistamento e registros científicos de megafauna marinha”, das 10h ao meio-dia, no auditório do São Paulo Expo. Durante a palestra, o público poderá conhecer sobre a ecologia, as ameaças, os locais e as formas de mergulhar com os gigantes carismáticos da fauna marinha mundial, observando seu comportamento e realizando registros como um cientista amador.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela internet, clicando aqui, lembrando que o cadastramento nas palestras não dá direito à entrada nos eventos.

O São Paulo Boat Show acontece entre os dias 6 e 11 de outubro no São Paulo Expo, na Rodovia dos Imigrantes, que, modernizado, terá 90 mil m2 de área total de exposição e mais de 4,5 mil vagas cobertas de estacionamento. O local ainda fica a 3 km do aeroporto de Congonhas e próximo do Rodoanel, o que viabiliza o transporte de barcos sem a necessidade de passar pelas vias da metrópole.

Os ingressos para a 19ª edição do São Paulo Boat Show já estão à venda, acesse o site do evento saopauloboatshow.com.br e garanta o seu. As novas lendas do mundo náutico aguardam por você.

Foto: Fotolia

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Brasileira faz "dobradinha" em premiação da ONU de fotos marinhas

    A fotógrafa Andrea Marandino conquistou a 1ª e 2ª colocação em concurso mundial

    Robô submarino encontra lula com ovos gigantes no fundo do mar

    Cientistas acreditam tratar-se de nova espécie do animal, capaz de botar ovos com o dobro do tamanho comum

    Grand Ocean Boats leva lancha de 37 pés ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estaleiro exibirá o modelo Grand Ocean 37 na segunda edição do evento náutico, que vai de 4 a 7 de julho

    De 4º maior lago do mundo a deserto: o que aconteceu com o Mar de Aral

    Má gestão de recursos naturais tornou o Mar de Aral um dos maiores desastres ambientais do mundo

    Destroços do último navio de Ernest Shackleton são encontrados no Canadá

    Quest, explorador polar de uma das figuras mais conhecidas da navegação, está no mar de Labrador, a cerca de 390 m de profundidade