Projeto na Croácia quer criar cinco vilas ecológicas de luxo à beira mar com direito a barcos elétricos

Ideia da eD-TEC visa redefinir o conceito de vida de luxo, oferecendo energia solar às moradias durante os 365 dias do ano

17/05/2024
Foto: eD-TEC / Divulgação

Soluções sustentáveis têm ganhado cada vez mais força e parecem ter chegado de vez no mundo dos milionários. Na Croácia, um projeto quer redefinir o conceito de vida de luxo através de um conjunto de cinco vilas ecológicas ultraluxuosas, alimentadas inteiramente por energia solar e com direito a um barco elétrico.

A ideia parte da eD-TEC, empresa pioneira em soluções eletrônicas, conhecida por seu sistema de transmissão elétrica para embarcações. As vilas ecológicas de luxo já têm endereço definido: o Lago Prokljan, na região da Dalmácia, na costa leste do mar Adriático, Croácia.

Foto: eD-TEC / Divulgação

Cada uma das cinco vilas terá mais de 480 m² de área útil e um terraço com piscina de mais de 130 m², visando oferecer conforto, estilo e vista para as águas. Falando no lago, cada vila será entregue equipada com um barco elétrico eD-32 c-Ultra.

Foto: Instagram @edtec_europe / Reprodução

O modelo tem 9,5 metros de comprimento, boca de 3,2 metros e plataforma ideal para navegar em águas costeiras, conforme afirma a eD-TEC. A velocidade de cruzeiro atinge 30 nós (cerca de 55 km/h), enquanto a máxima chega aos 50 nós (quase 93 km/h). O modelo ainda promete passeios emocionantes com emissão e ruído zero.


Vale ressaltar que o que diferencia as vilas ecológicas de outras moradias de luxo é, justamente, o seu compromisso com a eco-sustentabilidade. A utilização de energia solar vai garantir, segundo a empresa, um impacto ambiental mínimo, sem que os confortos luxuosos precisem ficar de lado.

Com nossas vilas fora da rede e opções de barco elétrico, pretendemos oferecer aos residentes uma experiência de estilo de vida verdadeiramente envolvente e ecologicamente consciente– Michael Jost, fundador da eD-TEC

As cinco vilas devem ser entregues no ano de 2026 e estão disponíveis para compra com layouts e acabamentos personalizáveis.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares

    Ações de despoluição na Baía de Guanabara fazem vida marinha voltar às águas

    Expedições comandadas pelo Instituto Mar Urbano observaram mais animais na região e melhor qualidade da água