Projeto na Croácia quer criar cinco vilas ecológicas de luxo à beira mar com direito a barcos elétricos

Ideia da eD-TEC visa redefinir o conceito de vida de luxo, oferecendo energia solar às moradias durante os 365 dias do ano

17/05/2024
Foto: eD-TEC / Divulgação

Soluções sustentáveis têm ganhado cada vez mais força e parecem ter chegado de vez no mundo dos milionários. Na Croácia, um projeto quer redefinir o conceito de vida de luxo através de um conjunto de cinco vilas ecológicas ultraluxuosas, alimentadas inteiramente por energia solar e com direito a um barco elétrico.

A ideia parte da eD-TEC, empresa pioneira em soluções eletrônicas, conhecida por seu sistema de transmissão elétrica para embarcações. As vilas ecológicas de luxo já têm endereço definido: o Lago Prokljan, na região da Dalmácia, na costa leste do mar Adriático, Croácia.

Foto: eD-TEC / Divulgação

Cada uma das cinco vilas terá mais de 480 m² de área útil e um terraço com piscina de mais de 130 m², visando oferecer conforto, estilo e vista para as águas. Falando no lago, cada vila será entregue equipada com um barco elétrico eD-32 c-Ultra.

Foto: Instagram @edtec_europe / Reprodução

O modelo tem 9,5 metros de comprimento, boca de 3,2 metros e plataforma ideal para navegar em águas costeiras, conforme afirma a eD-TEC. A velocidade de cruzeiro atinge 30 nós (cerca de 55 km/h), enquanto a máxima chega aos 50 nós (quase 93 km/h). O modelo ainda promete passeios emocionantes com emissão e ruído zero.


Vale ressaltar que o que diferencia as vilas ecológicas de outras moradias de luxo é, justamente, o seu compromisso com a eco-sustentabilidade. A utilização de energia solar vai garantir, segundo a empresa, um impacto ambiental mínimo, sem que os confortos luxuosos precisem ficar de lado.

Com nossas vilas fora da rede e opções de barco elétrico, pretendemos oferecer aos residentes uma experiência de estilo de vida verdadeiramente envolvente e ecologicamente consciente– Michael Jost, fundador da eD-TEC

As cinco vilas devem ser entregues no ano de 2026 e estão disponíveis para compra com layouts e acabamentos personalizáveis.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Estrada de pedra de 7 mil anos atrás é registro da história no fundo do Mar Adriático

    Cerâmicas e outros artefatos encontrados no local são vestígios que podem ter pertencido a antiga civilização de Hvar, na Croácia

    Curtir paisagens com água diminui a frequência cardíaca, apontam estudos

    Efeito positivo da água sobre a pressão arterial foi comprovado em três experiências com humanos

    Estaleiro holandês Feadship lança seu primeiro superiate movido a energia solar

    Embarcação de 59,5 metros representa mais um passo da marca rumo ao objetivo de ser neutra para o clima até 2030

    Mestra levará seu maior barco ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estaleiro estará no evento náutico com três opções de lanchas que vão de 29,5 pés a 35 pés

    Com sucata, mecânico constrói barco à mão para ajudar ilhados no Rio Grande do Sul

    Geraldo perdeu quase tudo na enchente, menos a vontade de ajudar ao próximo