Constelação de satélites

Por: Redação -
24/06/2015

A OneWeb, empresa americana do estado de Jersey, vai colocar 700 satélites em órbita com o intuito de oferecer internet banda larga para o mundo todo. Isso significa que as barreiras serão eliminadas e as pessoas terão acesso à internet de qualidade em qualquer canto do planeta, inclusive nos locais mais remotos dos Oceanos. No total, a empresa vai construir 900 satélites, pois 200 deles ficarão na Terra para eventuais substituições.

A gigante Airbus é a empresa que iniciará o projeto construindo os primeiros 10 satélites em sua sede que fica na cidade francesa de Toulouse, o restante dos satélites serão construídos em solo americano, mas o local não foi revelado. Outra empresa aérea envolvida do projeto é a Virgin Group, de Richard Branson, um apaixonado por esportes aquáticos e pelo mar. A fabricante de chips Qualcomm também está envolvida no projeto.

O projeto prevê que os primeiros satélites estejam em órbita já em 2018.

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Casal troca apartamento para viver em veleiro com seis gatos

    Embora a rotina de manutenção do catamarã seja dura e exigente, Aline e José garante que vale a pena

    Novo submarino Tonelero será lançado ao mar no fim de março, no Rio de Janeiro

    Gigante equipamento militar equivale o peso de 234 carros populares e tem 71,6 metros de comprimento

    Carga bilionária: Colômbia vai extrair tesouros do "Santo Graal dos Naufrágios"

    Embarcação espanhola que naufragou em 1708 levou US$ 20 bilhões para o fundo do mar

    Recém-lançado, Neuboat Dock Raymarine é novidade da Marine Express

    Semelhante a uma câmera de ré, o Neuboat Dock é capaz de mapear o ambiente e trazer imagens 360º ao piloto

    Venda de ingressos para o Rio Boat Show 2024 é aberta; garanta o seu

    Evento conhecido por reunir o melhor do lifestyle náutico acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória